Mais lidas
Política

Dilma diz que tarifas de energia poderão ser reduzidas neste ano

.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (2) que as tarifas de energia poderão ser reduzidas neste ano caso os reservatórios de água voltem à sua normalidade.
Em discuso na abertura da atividade legislativa do Congresso Nacional, a petista lembrou que o volume de água tem aumentando nos reservatórios em comparação ao mesmo período do ano passado.
"Com normalização da oferta de água nos reservatórios, as bandeiras tarifarias poderão ser gradativamente alteradas, reduzindo as tarifas de energia", disse.
O governo federal já traçou um cronograma para mudança das bandeiras tarifárias a fim de baratear o custo da energia no país.
A meta é que, em março, mude da cor vermelho para amarelo. No mês de maio, a bandeira passaria a ser verde -sem custo adicional para o consumidor.
O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) considera que o nível dos reservatórios no país já garante o desligamento de várias termelétricas.
No discurso, a presidente disse ainda que iniciará neste ano o processo de desestatização das distribuidoras da Eletrobras. Segundo ela, o plano de investimento em energia elétrica desembolsará $ 81 bilhões até 2018.
Ela afirmou ainda que a meta do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para este ano é normalizar o cronograma de desembolso, diminuir o volume de restos a pagar e reduzir o prazo de entrega de iniciativas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber