Mais lidas
Política

Comunicado interno alerta servidores sobre escorpiões

.

DIMMI AMORA
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Alerta na Câmara dos Deputados: escorpiões à solta.
O comunicado foi feito pelo Departamento de Polícia Legislativa (Depol) na semana passada em e-mail interno para os servidores do Legislativo federal, mas não tem relação com a volta ao trabalho dos deputados, que terão entre as tarefas deste ano analisar se a presidente Dilma permanece no cargo.
Ao menos um servidor da Casa foi picada pelo aracnídeo em janeiro, no Anexo 4, segundo relatam pessoas que trabalham no prédio. Além disso, alguns exemplares do animal -popularmente identificado como traiçoeiro- também foram avistados em áreas como a TV Câmara e o serviço médico.
No comunicado, o departamento informa aos servidores e aos prestadores de serviço sobre a aparição de escorpiões, atribui isso às intensas chuvas que têm ocorrido na capital e disponibiliza um telefone de emergência para quem avistar algum dos aracnídeos.
CUIDADOS
A nota também orienta os trabalhadores a se prevenir adotando cuidados como "sacudir casacos e paletós antes de vesti-los, estar atento ao mexer em gavetas, armários e mobílias em geral, assim como inspecionar qualquer tipo de calçado fechado antes de colocá-los".
Mesmo com a circulação diária de centenas de pessoas que não trabalham na Câmara pelas dependência da Casa, o alerta não foi divulgado no site do legislativo acessado pelo público em geral.
A presença de escorpiões na Câmara é anterior às recentes frequentes derrotas do governo por não obter os votos prometidos pelos deputados da própria base.
Em 2011, também houve uma infestação de escorpiões no prédio. No prédio ao lado, o do Senado, uma servidora foi mordida por um rato em 2012. Nesses casos, foram feitas dedetizações para resolver o problema. O dos animais, que fique claro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber