Mais lidas
Política

Após sangramento, Justiça autoriza transferência de Bumlai para hospital

.

BELA MEGALE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, autorizou a transferência do pecuarista José Carlos Bumlai, preso desde novembro, para o hospital Santa Cruz, em Curitiba. Ele será submetido a exames de urina e tomografia computadorizada.
Segundo a defesa, Bumlai vem apresentando sangramento na urina desde antes de sua prisão e só não se submeteu a exames médicos porque foi detido. Na noite de domingo (10), o pecuarista apresentou novo sangramento, motivando a solicitação de seus advogados, protocolada nesta segunda (11).
Foram apresentados dois pedidos médicos para exame "com urgência". Um do gastroenterologista Carlos de Barros Mott e outro do médico Lucas Trigo de Bumlai, profissional que cuida da família e deve acompanhar o pecuarista.
Segundo o despacho de Moro, o deslocamento e exames deverão ser realizados entre segunda (11) e terça (12). Após o procedimento ele deve retornar à carceragem da Polícia Federal. O juiz também autorizou a internação em caso de urgência.
A defesa também pediu que Bumlai fosse submetido a sessões de fisioterapia por sofrer de osteartrose. Moro determinou que os advogados formalizem o requerimento à Polícia para verificar a possibilidade de realizar o tratamento na carceragem.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber