Mais lidas
Política

Presidente do PT faz críticas à política econômica de Dilma e pede ousadia

.

CATIA SEABRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente nacional do PT, Rui Falcão, divulgou nesta segunda-feira (28) uma nota em que cobra ousadia na política econômica e afirma que "o risco do impeachment arrefeceu".
Sem citar a intenção do governo de encampar uma reforma da Previdência, Falcão defende a manutenção de direitos "duramente conquistados pelo povo".
"Agora que o risco do impeachment arrefeceu, mas sem que as ameaças de direita tenham cessado, é hora de apresentar propostas capazes de retomar o crescimento econômico, de garantir o emprego, preservar a renda e os salários, controlar a inflação, investir, assegurar os direitos duramente conquistados pelo povo".
Na nota, o presidente do PT critica a atual política econômica e diz que "o governo da presidenta Dilma Rousseff precisa se concentrar na construção de uma pauta econômica que devolva à população a confiança perdida após a frustração dos primeiros atos de governo".
"Chega de altas de juros e de cortes em investimentos. Nas propostas da Fundação Perseu Abramo e entidades parceiras, nos projetos da nossa Bancada, da Frente Brasil Popular, da CUT, do MST, entre outras, há subsídios à vontade para serem analisados e adotados".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber