Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Em crise financeira, RJ vai parcelar salário de novembro

.

RONALD LINCOLN JR.
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Em grave crise econômica, o governo do Rio informou nesta segunda-feira (30) que vai parcelar em duas vezes o salário de novembro dos servidores ativos e inativos do Poder Executivo.
As secretarias de Fazenda, de Planejamento e Gestão, e o Rioprevidência afirmaram, por meio de nota, que a medida é consequência da "queda da arrecadação do Estado do Rio" e do "agravamento da crise econômica no Brasil".
"O Rio de Janeiro atravessa um momento de graves dificuldades financeiras, provocadas pela forte desaceleração da economia brasileira, a queda nos preços do petróleo e a diminuição da receita com royalties", diz a nota.
O parcelamento vai atingir os servidores que recebem vencimentos superiores a R$ 2 mil líquidos, que representam 47% dos funcionários. A primeira parcela deve ser paga nos dias 1º e 2 de dezembro. E o restante, até o dia 9 de dezembro.
Os pensionistas não serão atingidos pela medida.
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), o vice Francisco Dornelles (PP), e os secretários devem receber o salário integralmente. Mas o prazo para o pagamento vai se estender também até o dia 9 de dezembro.
As despesas com a folha de pagamento de novembro somam R$ 1,9 bilhão. O valor contempla 248.419 servidores ativos, 166.699 inativos e 90.688 pensionistas.
A crise financeira no Estado já levou a Uerj a suspender as aulas por uma semana. O Estado também chegou anunciar o fechamento de duas bibliotecas-parque. A decisão foi revertida após a Prefeitura do Rio assumir os custos de manutenção dos espaços.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber