Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Suspeito de receber propina, promotor é afastado para ser investigado em SP

.

GRACILIANO ROCHA E ROGÉRIO PAGNAN
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Suspeito de receber propina de empresas e fundações que deveria investigar, o promotor de Justiça Roberto Senise Lisboa, da 5ª Promotoria do Consumidor da capital, foi afastado no curso de uma investigação aberta pela corregedoria do Ministério Público de São Paulo.
Pedido pela corregedoria, o ato do procurador-geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, foi assinado na quinta (19) e terá validade de 60 dias, prorrogáveis por mais 60 dias. Durante o período do afastamento, o promotor investigado continuará recebendo salário.
Lisboa foi denunciado pela ex-mulher, que afirmou que ele teria recebido R$ 700 mil em propinas desde 2003.
O promotor passou a ser investigado por corrupção passiva e concussão (exigir vantagem indevida) em processos ligados à fiscalização de fundações e à defesa do consumidor.
Procurado pela reportagem, Lisboa se disse surpreso com o afastamento, mas não quis fazer comentários sobre a decisão do procurador-geral de Justiça nem sobre as alegações da corregedoria.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber