Mais lidas
Política

Repórter veterano detalha coberturas como a de grampos ilegais de tabloide

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Encerrando a série de dez entrevistas e conversas do Festival Piauí Globonews de Jornalismo neste domingo (11), em São Paulo, o veterano repórter Nick Davies detalhou coberturas recentes que comandou ou das quais participou no londrino "Guardian".
A principal delas foi o escândalo dos grampos ilegais realizados pelo tabloide "News of the World", também de Londres. O caso revelado por ele acabou levando ao fechamento do jornal, até então uma das armas do "bullying", na descrição de Davies, do magnata Rupert Murdoch no Reino Unido.
O repórter também descreveu como fez a ponte para a participação de jornais tradicionais na cobertura dos vazamentos do WikiLeaks e, posteriormente, como o "Guardian" se afastou do editor-chefe da organização, Julian Assange. Abordou ainda a cobertura dos vazamentos do chamado escândalo da NSA, a Agência Nacional de Segurança dos EUA.
Questionado sobre as novas técnicas de veiculação de notícias on-line, citadas por outros participantes do festival, respondeu que a forma como a informação é apresentada "não é importante". Que a internet não mudou o que é essencial para o jornalista: como conseguir as notícias, como "fazer a fonte falar".
Davies foi entrevistado pelos jornalistas Daniela Pinheiro, da revista "piauí", e Marcelo Lins, da Globonews.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber