Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Lula faz homenagem a ex-presidente da Petrobras em velório em BH

.

LILIANE PELEGRINI
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Lula fez uma homenagem nesta segunda-feira (5) ao colega José Eduardo Dutra, 58, morto na madrugada de domingo (4), em Belo Horizonte.
"A sua carne se vai, mas as suas ideias permanecem. Valeu a pena a sua passagem pela Terra e valeu muito mais a pena pra nós todos termos podido ser seus amigos", afirmou Lula no discurso que ele fez para o grupo de familiares e amigos próximos. A declaração foi divulgada pela assessoria do petista.
O velório, que foi fechado à imprensa, foi realizado de manhã num funeral privado na região centro-sul de Belo Horizonte.
Ex-presidente da Petrobras e ex-presidente nacional do PT, Dutra lutava havia cinco anos contra um câncer de pele.
Além de Lula, outros colegas de vida política prestaram as últimas homenagens, como o presidente do PT, Rui Falcão, e o governador de Minas, Fernando Pimentel. Lula, Pimentel e Falcão entraram direto para a cerimônia, sem falar com a imprensa.
Outros membros do PT lamentaram a perda de José Eduardo Dutra, remontando a trajetória dele junto aos movimentos sociais e sindicais. "Ele continua vivo nos grandes ideais da democracia, da liberdade e da igualdade, que motivam as pessoas que lutam pelo país", disse o deputado estadual Durval Angelo.
"Sempre foi uma pessoa correta, íntegra", disse o ex-deputado Virgílio Guimarães.
O secretário Nilmário Miranda recordou as raízes mineiras de Dutra. "O pai dele foi prefeito de Caputira, ele tinha forte ligação com Caratinga e muitos familiares moram em Belo Horizonte, inclusive a mãe dele, de quem sou amigo", contou.
Dutra lutava passou os últimos meses se tratando em Belo Horizonte, justamente para ficar perto da mãe e dos parentes mais próximos.
O velório segue até as 15h30 e depois o corpo será encaminhado para o cemitério Parque da Colina, onde será cremado.
ATAQUES
Em frente ao velório, panfletos com a inscrição "petista bom é petista morto" foram jogados por uma pessoa que estava em um veículo preto.
Mais tarde, um grupo de três pessoas -um homem que se apresentou como Cipriano Oliveira e duas mulheres que não quiseram se identificar- gritou palavras de ordem contra o PT.
O deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) classificou os atos de "ridículos". "Mostram que são pessoas inspiradas por uma pauta fascista, racista, intolerante e cheia de ódio e sem representatividade e totalmente fora de lugar."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber