Mais lidas
Política

Comissão de Ética rejeita denúncia contra Cardozo por infração

.

GUSTAVO URIBE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Comissão de Ética Pública da Presidência da República rejeitou nesta segunda-feira (28) denúncia contra o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, por infração ética.
Em fevereiro, o líder do PPS na Câmara dos Deputado, Rubens Bueno, ingressou com representação para que o órgão do governo federal investigasse encontros do petista com advogados de empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato, como a Camargo Corrêa e a UTC Engenharia.
O deputado da oposição também questionou o fato de os encontros não terem constado na agenda oficial do ministro. O petista admitiu as reuniões, mas afirmou que houve uma falha no sistema eletrônico da pasta que impediu o lançamento das audiências.
"A deliberação dos votantes foi no sentido de rejeitar a denúncia ante a não demonstração da prática de infração ética", informou em nota pública o órgão do governo federal.
Em fevereiro, o petista teve ao menos três encontros só com advogados que defendem empresas acusadas na Operação Lava Jato de pagar propina para conquistar obras da Petrobras.
Em deliberação, a Comissão de Ética também avaliou que o ministro não cometeu violação ética por sua filha contar com escolta da Polícia Federal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber