Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Popularidade de Dilma está menor do que inflação, ironiza Aécio

.

FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do PSDB, Aécio Neves, ironizou nesta quarta-feira (1º) o resultado de pesquisa CNI-Ibope divulgada nesta manhã. De acordo com o levantamento, a presidente Dilma Rousseff atingiu o mais baixo índice de popularidade desde a redemocratização.
"Isso é o que temos no Brasil hoje: uma inflação que caminha para ser maior do que a popularidade da Presidente da República", disse ele. A pesquisa indicou que 9% da população considera o atual governo bom ou ótimo -a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
A inflação medida pelo IPCA (índice oficial) é de 8,47% nos 12 meses encerrados em maio. Para junho, a projeção é de 0,72%, de acordo com a mais recente pesquisa semanal do Banco Central com economistas (o Boletim Focus).
Para o tucano, derrotado por Dilma nas últimas eleições presidenciais, existe hoje um "vácuo de poder" e uma "perda da capacidade de governabilidade". Ele ainda criticou declarações recentes da presidente sobre a delação do executivo Ricardo Pessoa, dono da UTC.
"O que temos que combater, com extremo vigor, é essa tentativa inadmissível da presidente da República e de outros agentes de seu campo político de combater as instituições. O que tem que ser combatido é o crime, não a Polícia Federal".
O presidente do PSDB afirmou que o pedido de renúncia da presidente Dilma Rousseff, feito mais cedo pelo líder do partido na Casa, senador Cássio Cunha Lima (PB), foi uma demonstração de "posição do líder".
"A nação aguarda de forma atenta todos os desfechos dessas demandas do campo da justiça. E para que o Brasil tenha seu sofrimento abreviado, renuncie, Dilma Rousseff", disse Lima, na tribuna do plenário.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber