Mais lidas
Política

Assim como Lula, ministro Patrus Ananiae defende 'autocrítica' do PT

.

BELA MEGALE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, defendeu na noite desta quinta (25) que o PT faça "uma autocrítica, um exame de consciência individual e coletivo" sobre si próprio.
"Estamos expostos às fragilidades da condição humana, por isso é importante ter sempre a vigilância constante e a construção permanente de valores e virtudes que superem os limites do ser humano", afirmou o ministro.
Ele se recusou a comentar as críticas feitas por Lula ao PT na segunda (22), mas destacou que o poder econômico e político "sobretudo juntos são perigosos".
"Fazermos uma revisão, olhar para o que conquistamos, mas ter uma consciência critico-amorosa é muito importante", reiterou.
Patrus também destacou que não ficou satisfeito com os resultados do 5º Congresso Nacional do PT, realizado há cerca de duas semanas em Salvador. Ele havia escrito um documento defendo reivindicações que não foram aprovadas no encontro.
"Considero que não foi uma coisa positiva (o congresso petista). Aqueles três pontos que coloquei me parecem muito importantes", disse.
Patrus defendeu o fim das doações empresariais, o fim do sistema de eleições diretas internas, o PED, e a aplicação do orçamento participativo dentro da sigla para gerenciar as contas do partido.
HABEAS CORPUS DE LULA
O ministro não quis comentar o pedido de habeas corpus preventivo impetrado na Justiça Federal do Rio Grande do Sul pedindo que Lula não seja preso na Operação Lava Jato.
"Só falo de assuntos sobre os quais eu tenha meditado. Não estou acompanhando isso, soube aqui, me informaram."
Patrus Ananias e Miguel Rossetto, ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, participaram de um encontro com movimentos sociais do campo, entre eles o MST. Os grupos apresentaram às autoridades reivindicações como a necessidade de uma reforma agrária contra o latifúndio e mais oferta de crédito para agricultura familiar.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber