Mais lidas
Política

Quando um presidente não lidera, Congresso ocupa espaço, afirma FHC

.

FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez uma crítica indireta à presidente Dilma Rousseff ao apontar que hoje há uma carência de liderança no país.
"Para fazer qualquer coisa, precisa de liderança. Ninguém muda nada sem liderança e o Congresso percebe isso logo, quem lidera e quem não lidera. E quando o presidente não lidera, o Congresso ocupa espaço", disse ele ao comentar que hoje o a relação entre congressistas e Executivo tem como foco obter "um pedaço do orçamento".
O tucano deu uma palestra na manhã deste sábado (23) em um centro universitário de Brasília. O tema central foi "Brasil, qual será teu futuro?".
'DÚVIDA HÍBRIDA'
Ao falar com a imprensa, foi questionado sobre a eventual falta de liderança no país e reforçou:
"Falta comando e quem vai exercer comando, os partidos não estão organizados para constituírem maiores estáveis no Congresso. Não temos maiorias estáveis. Estamos num momento de dúvida híbrida: estamos no presidencialismo ou no parlamentarismo?", questionou ele ao mencionar as tarefas delegadas pela presidente Dilma ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) e ao presidente da Fazenda, Joaquim Levy (Fazenda).
Cardoso foi questionado ainda sobre o corte de R$ 69,9 bilhões nas contas do Executivo e argumentou que essa redução de despesas foi resultado da própria má gestão do atual governo.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber