Mais lidas
Política

Suspeita de José Janene estar vivo é 'fantasiosa', diz família de ex-deputado

.

Janene foi velado e enterrado em Londrina (Foto: Arquivo/TN)
Janene foi velado e enterrado em Londrina (Foto: Arquivo/TN)

Depois de a CPI da Petrobras anunciar a intenção de exumar o corpo do ex-deputado José Janene (PP-PR), morto em 2010, a família do político veio a público negar que tenha suspeitas de que ele esteja vivo. 

"Nunca existiu isso", disse a viúva de Janene, Stael Fernanda Janene -a quem foi atribuída a suspeita. "É absurdo, estou enojada."
Para a família, a informação é falsa e agride os familiares do ex-deputado.
"Esse trabalho [da CPI] perdeu a credibilidade, sinceramente. Acho que querem cinco minutos de fama", afirmou a filha do ex-deputado, Danielle Janene. 

Danielle diz que acompanhou o pai "até o último suspiro". "Eu liberei o corpo e os documentos. O velório foi feito com o caixão aberto; ele foi enterrado em uma túnica branca, de acordo com a religião muçulmana", afirmou a filha do político. 

Ex-presidente do PP, Janene é peça central no escândalo da Operação Lava Jato. Segundo as investigações, o político montou o esquema de corrupção na Petrobras com o doleiro Alberto Youssef na diretoria de Abastecimento, comandada na época por Paulo Roberto Costa. Também foi um dos réus no escândalo do mensalão.

Para a família, a intenção da CPI em exumar o corpo do ex-deputado é "uma forma de criar fatos bobos" e desvirtua o propósito investigativo da comissão. 

Janene foi velado e enterrado em Londrina, no norte do Paraná, onde ficava sua base eleitoral. Seu corpo está no Cemitério Islâmico da cidade.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber