Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Eduardo e Jair Bolsonaro fazem 'selfies' e distribuem abraços em SP

.

AMANDA MASSUELA E LAURA LEWER
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e o pai, o também deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), foram tratados como celebridades durante a manifestação deste domingo (12), em São Paulo. Uma fila para 'selfies' e abraços ao lado de pai e filho foi formada em frente ao carro de som do grupo Revoltados Online.
"Nós temos orgulho de dizer que somos deputados federais e podemos sair nas ruas para estar com o povo cara a cara. Quem não deve não teme", afirmou Eduardo Bolsonaro.
Criticado por levar uma arma de fogo em um protesto anti-Dilma, em novembro de 2014, o ex-policial federal não fez o mesmo neste domingo. Dessa vez, deixou a sua proteção a cargo de seis seguranças à paisana que o acompanharam durante o dia. "Como se trata de uma multidão, pode ter um maluco no meio. Mas felizmente não ocorreu nenhum incidente", disse.
O deputado se declara a favor do armamento civil para "todos os cidadãos de bem". No entanto, defende alguns critérios como exames psicológicos e testes de tiro na Polícia Federal. "O que não dá é essa situação em que só o bandido está armado. Se ele entrar na sua casa, pode fazer o que bem entender e você não tem poder nenhum de resposta", afirmou o deputado, que também é a favor da redução da maioridade penal.
Por volta das 16h, Eduardo Bolsonaro discursou brevemente no carro do Revoltados Online. Ele afirmou que as manifestações anti-Dilma são compostas por um "público seleto, que não tem condições de fazer protesto durante a semana porque trabalha". Também exaltou a atuação da Polícia Federal na Operação Lava Jato.
Embora tenha ficado próximo ao carro de som do Revoltados Online durante todo o protesto, o deputado disse se identificar com todos
os movimentos que participam das manifestações, "pois todos pedem a saída da presidente". No entanto, não faz coro aos que defendem uma intervenção militar. Para ele, a única medida constitucional adequada nesse momento seria o impeachment.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber