Mais lidas
Política

Apucarana: Oito novos vereadores oneram Câmara em R$ 1,7 milhão

.

Apucarana: Oito novos vereadores oneram Câmara em R$ 1,7 milhão - Foto: Tribuna do Norte
Apucarana: Oito novos vereadores oneram Câmara em R$ 1,7 milhão - Foto: Tribuna do Norte

O Observatório Social de Apucarana (OSA) vai tomar providências no sentido de evitar que a Câmara de Apucarana tenha 19 vereadores na próxima Legislatura. A intenção é derrubar o projeto de emenda à Lei Orgânica do Município aprovado pelo Plenário em 2013, que elevou de 15 para 19. Esta decisão foi tomada na sua reunião realizada na noite desta terça-feira.

Segundo o presidente do OSA, Mauro de Oliveira Carlos, a entidade já realizou estudo sobre o assunto e chegou à conclusão de que, além de a Câmara não comportar um número maior de vereadores, isso vai resultar em mais despesas.

Conforme cálculos de técnicos do próprio Legislativo, levando-se em consideração o subsídio atual do vereador de R$ 8.460,39, mais R$ 1.964,52 que é o salário de um assessor que cada gabinete tem direito e ainda os encargos trabalhistas, os oito vereadores causariam um impacto de aproximadamente R$ 1.350.000,00 por ano somente na folha de pagamento. Somando-se ainda combustível, diárias, horas extras de servidores, telefone (fixo e celular), funcionários para auxiliar nas sessões plenárias e na elaboração de projetos, indicações e requerimentos, estima-se um gasto aproximado de mais R$ 350 mil por ano, atingindo em torno de R$ 1,7 milhão.

Mauro Carlos observa ainda que houve vícios na aprovação do projeto aprovado pelos vereadores que aumentou de 11 para 19 o número de vereadores. Entre as irregularidades está a de que a Câmara aprovou o projeto sem ouvir a população, além de não cumprir os trâmites legais de acordo com a Lei Orgânica do Município. O OSA já encaminhou tais irregularidades à Promotoria Pública.


Leia mais na edição de quinta-feira (5) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber