Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

​Juiz informa ao STF que executivo preso tem boas condições de saúde

.

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelas investigações e ações penais decorrentes da Operação Lava Jato, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (23) documento no qual informa que o vice-presidente da construtora Camargo Corrêa, Eduardo Hermelino Leite, preso desde novembro em Curitiba, “estaria atualmente em boas condições de saúde”.

A informação foi enviada ao presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, para que ele decida sobre um pedido da defesa para revogar a prisão preventiva do executivo ou conceder a ele a prisão domiciliar.

Nesta terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedidos de liberdade apresentados por três executivos da construtora Camargo Corrêa, incluindo Hermelino Leite. Além dele, os pedidos de liberdade se referiam a Dalton dos Santos Avancini, diretor-presidente da empresa, e João Ricardo Auler, presidente do Conselho de Administração da empresa.

Os advogados de Hermelino Leite alegam que ele sofre de hipertensão arterial e precisa de medicamentos para evitar uma situação de emergência. Ao prestar informações ao STF, Moro, no entanto, afirmou que ele “padece apenas de hipertensão arterial, vulgarmente denominada de pressão alta” e não se enquadra nas condições exigidas para a prisão domiciliar.

Confira matéria completa AQUI

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber