Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Política

Irmão de Campos acha 'prematura' investigação sobre queda de jato

.

SÃO PAULO, SP - O advogado Antônio Campos, 46, irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, afirmou nesta sexta-feira (16) ser "prematura" a conclusão da investigação da Aeronáutica sobre as causas para a queda do avião que matou o presidenciável do PSB em agosto do ano passado. 

"O Cenipa [Centro de Prevenção de Acidentes Aéreos] não está fazendo todas as perícias do caso e não pode ter uma visão global do acidente", afirmou Antônio Campos em nota. 

Investigação da Aeronáutica concluiu que o acidente foi causado por uma sequência de falhas do piloto da aeronave, Marcos Martins, segundo reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo". 

De acordo com o irmão de Campos, algumas perícias "relevantes" ainda não foram concluídas e os laudos da Aeronáutica e do Cenipa "não são conclusivos". 

Na nota, ele diz ainda que só irá se pronunciar sobre o caso após a divulgação oficial da conclusão das investigações feitas pela Aeronáutica e do término dos inquéritos civil e criminal. 

"Tive uma audiência com o Procurador da República Thiago Nobre, na cidade de Santos, que prometeu a conclusão, possivelmente, do inquérito policial e civil para fevereiro, pois ainda aguarda a conclusão de perícias", disse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber