Política

Corpo de Itamar Franco chega a MG com honras de chefe de Estado

Da Redação ·
Corpo de Itamar Franco chega a MG  com honras de chefe de Estado
fonte: Arquivo
Corpo de Itamar Franco chega a MG com honras de chefe de Estado

O avião da FAB (Força Aérea Brasileira) que transporta o corpo do senador e ex-presidente Itamar Franco chegou por volta de 10h20 ao aeroporto de Juiz de Fora (MG) de onde parte para cortejo pela cidade até a Câmara Municipal, local do velório que ocorre neste domingo e terá a presença da presidente Dilma Rousseff.

continua após publicidade

O corpo deixou o hospital onde Itamar passou seus últimos dias no horário previsto, por volta de 7h30 deste domingo. A aeronave que fez o transporte saiu de São Paulo por volta de 9h15. Inicialmente, os parentes de Itamar, que morreu por derrame cerebral, pensaram em negar o transporte pela FAB em virtude dos valores que o ex-presidente sempre defendeu, mas a gestão da cerimônia acabou assumida pelo Palácio do Planalto.

Nesta segunda-feira (4), o corpo deve ser cremado em Contagem, também em Minas, após velório no Palácio da Liberdade, sede do governo do Estado, em Belo Horizonte. As cinzas voltarão para Juiz de Fora, onde ele começou a vida pública.

continua após publicidade

Quadros do governo e da oposição lamentaram a morte de Itamar. A presidente Dilma Rousseff decretou luto oficial de sete dias, a partir deste sábado, em razão da morte do político.

Em nota, a presidente afirmou que Itamar “deixa uma trajetória exemplar de honradez pública” e governou o país “em um momento crucial da nossa história recente” – ele assumiu a presidência em 1992, após o impeachment de Fernando Collor de Mello, e, em 1994, implementou o Plano Real, que colocaria fim à inflação de mais de 1.000% ao ano.

As bandeiras do Palácio do Planalto, em Brasília, foram colocadas a meio mastro em luto oficial pela morte do senador.

continua após publicidade

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi ministro no governo de Itamar, disse dever muito ao político.

– Todos devemos a ele a marca de um homem a quem o poder não abalou a simplicidade no modo de viver, nem muito menos as exigências de conduta que aplicava a si e a quem estava a seu lado. Deixam saudades também seu estilo imprevisível, mas sempre movido pelo interesse público, e as maneiras educadas com que tratava a todos.