Política

Assembleia teve 48 dos 55 carros oficiais roubados

Da Redação ·
 Assembleia teve 48 dos 55 carros oficiais roubados
fonte: Google - imagem ilustrativa
Assembleia teve 48 dos 55 carros oficiais roubados

O 2º secretário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Reni Pereira (PSB), entregou nesta terça-feira (24) ao presidente Valdir Rossoni (PSDB) o relatório preliminar da Comissão de Patrimônio sobre a situação dos veículos da Casa. Com base na relação oficial, 55 carros estavam em nome do Legislativo.

continua após publicidade

Mas apenas seis encontram-se ativos e já estão sendo recuperados, informa a assessoria de imprensa da Alep. Um deles, embora ativo, ainda não foi localizado. Os outros 48 foram furtados ou roubados.

“Como houve um retorno da polícia em relação aos veículos furtados ou roubados, que não foram reencontrados, não teria razão para seguir adiante, já que a Comissão não se presta a investigar”, disse Pereira, lembrando que os carros não encontrados "agora não constam mais como patrimônio da Casa".

continua após publicidade

A solução é a seguinte: “Dos 55 veículos, 48 serão baixados regularmente, não ficarão mais constando como carros da Assembleia, porque foram furtados há mais de 10 anos. Seis que estão ativos e um, que não foi encontrado, o presidente vai tomar as medidas cabíveis”.

O deputado afirma ainda que as informações foram levantadas no Departamento de Trânsito (Detran), na Secretaria de Estado da Fazenda e Receita Estadual, além da Secretaria de Estado da Segurança, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. Sobre o trabalho da Comissão de Patrimônio, ele garante que o objetivo foi cumprido.

“A polícia fez a investigação e não encontrou os carros. A Comissão se presta a constatar o patrimônio real da Assembleia e inventariá-lo. Concluímos em relação aos veículos”.

continua após publicidade

"Rigoroso"

Segundo Rossoni, o levantamento é fundamental para que a Assembleia tenha conhecimento efetivo do seu patrimônio, uma vez que o assunto praticamente foi ignorado na Casa nos últimos anos. O presidente garantiu que o trabalho de levantamento continua e será ainda mais rigoroso.

“O deputado Reni vem fazendo um grande trabalho na questão do patrimônio. É importante mostrarmos o que a Assembleia tem de patrimônio real. Todo o levantamento da Casa demora ainda, e será com consistência e registro fotográfico de todo o nosso patrimônio”.