Política

Polêmica em torno de Palocci está encerrada, diz Falcão

Da Redação ·
O presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), afirmou hoje em Brasília que a polêmica em torno do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, está encerrada. "Ele já prestou contas nos órgãos cabíveis e não houve nenhuma iniciativa que partisse do PSDB para convocá-lo a dar explicações ao Congresso", completou o petista, ao destacar que o partido não está preocupado com o futuro do ministro, sobretudo depois das declarações de líderes da oposição, entre os quais o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Reportagem publicada na edição do último domingo do jornal Folha de S.Paulo revelou que Palocci comprou um apartamento de luxo no bairro dos Jardins, em São Paulo, por R$ 6,6 milhões, registrado no final de 2010 em nome da empresa de consultoria Projeto, da qual o ministro possui 99,9% do capital. Para o presidente do PT, no entanto, "o que é essencial é que todos os bens do ministro estão declarados no Imposto de Renda, assim como suas atividades empresariais foram relatadas ao Conselho de Ética da Presidência da República". Falcão disse não ter dúvidas de que o episódio "não abala de maneira nenhuma, em absoluto, a credibilidade do ministro". Em defesa de Palocci, ele avaliou que "nenhum tipo de suspeição pesa sobre o ministro e, com isto, não há nada que possa abalar a imagem de Palocci".
continua após publicidade