Política

Parlamentares querem informação do Coaf sobre Palocci

Da Redação ·
Uma comissão de deputados do PSDB protocolou hoje, junto ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), no Ministério da Fazenda, um pedido de esclarecimentos sobre eventuais investigações relativas a transações bancárias realizadas pelo ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, ou pelas empresas das quais ele é sócio. As indagações feitas pelos parlamentares se referem a movimentações de valor acima de R$ 100 mil, que são alvo de monitoramento por parte do órgão. Segundo o líder do PSDB na Câmara, deputado Duarte Nogueira (SP), também foram pedidas informações sobre eventuais procedimentos administrativos para investigar o ministro, que já tenham sido arquivados. "O Coaf pode até alegar que essas informações estão protegidas por sigilo, mas pode também informar, ao menos, se houve investigação. Dependendo da resposta, vamos dar sequência às nossas indagações", afirmou o líder tucano. O objetivo dos parlamentares é investigar o aumento do patrimônio de Palocci, em quatro anos. De acordo com o deputado Vanderlei Macris (SP), os deputados do partido protocolaram hoje, na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, um pedido para que Palocci preste esclarecimentos na comissão. A votação do requerimento deve ocorrer amanhã, pela manhã. "É uma oportunidade para que o ministro possa responder às acusações", disse Macris.
continua após publicidade