Política

Nepotismo tirou irmão de Requião do TCE, diz Rossoni

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Nepotismo tirou irmão de Requião do TCE, diz Rossoni
fonte:
Nepotismo tirou irmão de Requião do TCE, diz Rossoni

Em entrevista coletiva à imprensa, concedida nesta sexta-feira (6), o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Valdir Rossoni (PSDB), justificou a assinatura do ato que anula a eleição de Maurício Requião, ex-secretário de Educação e irmão do ex-governador Roberto Requião, para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR).

continua após publicidade

O governador Beto Richa (PSDB) confirmou a deliberação de Rossoni e assinou um documento revogando a nomeação de Maurício Requião ao TCE pelo Governo do Estado, realizada em 2008. "Nos baseamos, primeiramente, na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que viu a questão do nepotismo, irmão nomeando irmão, e do atropelamento do processo, pois nomearam o conselheiro antes da vacância do cargo. Devido a esses equívocos, que estão causando prejuízo ao setor público, principalmente no que diz respeito à fiscalização dos recursos, tomamos essa atitude", afirmou Rossoni.

continua após publicidade

O presidente do Legislativo anunciou a abertura de um novo processo seletivo para conselheiro do Tribunal de Contas. "Todos os paranaenses que tiverem notório conhecimento jurídico, contábil, e que passarem pelo crivo da comissão de avaliação que vamos nomear, poderão se candidatar. As inscrições estão abertas. Nós temos cinco dias úteis. Vamos aguardar os inscritos, depois nomear a comissão de avaliação, que terá três dias para fazer seu trabalho. Acredito que, se tudo correr bem, entre os dias 15 e 20 estaremos votando quem será o conselheiro", completou Rossoni.