Política

Cem municípios estão isentos de pagar taxa de serviço à Emater

Da Redação ·
 O anúncio foi feito pelo governador Beto Richa na tarde desta quinta-feira (17), durante visita à 37ª. Expo-Umuarama
fonte: AEN
O anúncio foi feito pelo governador Beto Richa na tarde desta quinta-feira (17), durante visita à 37ª. Expo-Umuarama

Cem municípios paranaenses estão isentos, a partir deste ano, do pagamento por serviços prestados pela Emater. O anúncio foi feito pelo governador Beto Richa na tarde desta quinta-feira (17), durante visita à 37ª. Expo-Umuarama. “No ano que vem, mais 100 municípios serão isentados e, até 2013, todos serão liberados deste pagamento”, informou Richa.
 

continua após publicidade

Beto Richa disse que a determinação do governo é para que a Emater trabalhe com foco em resultados e também com empenho para apoiar e fortalecer os municípios. “São medidas que garantem, ao mesmo tempo, apoio ao pequeno produtor e aos municípios”, disse.
 

A isenção vai representar uma economia de cerca de R$ 4,3 milhões por ano para as primeiras 100 prefeituras contempladas. No total, os municípios repassam cerca de R$ 12 milhões em convênios de assistência técnica e extensão rural para a Emater – custo que será progressivamente assumido pelo Governo do Estado, ao longo de quatro anos. Para permitir o repasse, os recursos serão colocados como despesa no orçamento do Estado, informou Natalino Avance de Souza, diretor técnico da Emater.

continua após publicidade

Para o prefeito de Cidade Gaúcha, Vítor Leitão, que também é presidente da Associação dos Municípios da Região de Entre Rios, a isenção anunciada pelo governador Beto Richa permitirá aos municípios aplicar em outros projetos os recursos hoje destinados à Emater. “No nosso município, estudamos usar o dinheiro para comprar e distribuir calcário aos pequenos produtores rurais”, afirmou.

Richa participou de uma reunião com integrantes das associações comerciais e de municípios da região e recebeu reivindicações da população local para a realização de obras na rodovia PR 323. “Já acionamos os técnicos para que estudem alternativas para oferecer maior segurança nesta rodovia, fundamental para o desenvolvimento da região”, disse. O governador informou que devem ser construídas terceiras faixas nos locais mais críticos, além de contornos que desviem o tráfego pesado da cidade.
 

Questionado sobre as medidas de segurança na região, Richa informou que está em andamento o plano de ação para a integração de serviços entre as polícias civil e militar com a polícia federal para reforçar policiamento ao longo de toda a fronteira do Paraná. “Estamos fazendo um acordo com o governo do Mato Grosso do Sul para trabalharmos de forma integrada para combater o tráfico de armas e drogas”, revelou.
 

continua após publicidade

Beto Richa reforçou que o governo vai investir em infraestrutura para promover o desenvolvimento do Paraná. “Mas primeiro temos que recuperar a capacidade de investimentos do Estado, que está bastante comprometida”, disse.
 

EXPOSIÇÃO – A 37ª. Expo-Umuarana reúne 300 expositores de todo o Brasil. A expectativa é de uma movimentação de R$ 30 milhões durante o evento. O público estimado é de 270 mil visitantes até o dia 20 de março.
 

A pecuária leiteira está ganhando impulso na região e um dos destaques da feira é a Olimpíada do Leite, em sua oitava edição. A região Noroeste tem um rebanho estimado em 150 mil animais em pequenas propriedades, que produzem de 10 a 15 litros por dia.
 

continua após publicidade

Nos últimos oito anos, este tipo de pecuária apresentou um crescimento de 60%. “Isso significa uma renda fixa mensal assegurada o pequeno e médio produtor rural”, informou o presidente da Sociedade Rural de Umuarama Junior Peres.
 

Durante a visita, o governador homologou a liberação de recursos para a pavimentação de ruas no município de Cidade Gaúcha, no valor de R$ 1,28 milhão.
 

Acompanharam a visita do governador os secretários de Estado da Agricultura, Norberto Ortigara; de Desenvolvimento Urbano, Cezar Silvestri; da Casa Civil, Durval Amaral; o deputado federal Osmar Serraglio e os deputados estaduais Nelson Garcia e Fernando Scanavaca.