Política

Alckmin defende criação de conselho político do PSDB

Da Redação ·
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), mostrou-se favorável hoje à criação de um conselho político no PSDB, uma instância que seria formada por líderes da sigla, sem funções administrativas, para discutir a atuação do partido em esfera nacional. A iniciativa tem sido defendida, nos bastidores, pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, como uma maneira de pôr panos quentes em torno da disputa pela presidência nacional do PSDB. "Eu sou totalmente favorável", disse o governador, após anúncio de repasses da ordem de R$ 94 milhões para santas casas e hospitais filantrópicos em São Paulo, na capital paulista. "Nós, que somos parlamentaristas, a gente não tem essa visão personalista, presidencialista, de ter um 'mandão' no partido. Mas uma gestão colegiada, participativa e moderna." O atual presidente do PSDB, o deputado federal Sérgio Guerra (PE), vem articulando a sua reeleição ao cargo enquanto aliados do ex-governador de São Paulo José Serra defendem a sua indicação, apesar do tucano negar publicamente o desejo de assumir o comando da legenda. Alckmin negou que o conselho tenha como objetivo apaziguar os ânimos em torno da disputa. "Sou totalmente favorável, mas não é para apaziguar. É para permitir uma participação maior de lideranças do partido", explicou. Segundo tucanos, a iniciativa teria ainda como função dar ao ex-governador José Serra o status de líder oposicionista, contribuindo com a sua atuação à frente do PSDB.
continua após publicidade