Política

Vereadores processarão Pegorer por danos morais

Da Redação ·
Alcides Ramos: “O ex-prefeito ataca a honra dos representantes do povo e desrespeita a própria democracia”
fonte: Divulgação
Alcides Ramos: “O ex-prefeito ataca a honra dos representantes do povo e desrespeita a própria democracia”

Os vereadores que votaram pela reprovação das contas de2007 do ex-prefeito Valter Pegorer na noite de quarta-feira (09) vão mover ação contra ele por injúria e danos morais. A informação foi dada nesta sexta-feira (11) pelo presidente da Câmara, Alcides Ramos Júnior (DEM). Isso porque Pegorer postou em seu twitter o seguinte comentário: “A política da
retaliação ainda impera. Oito vereadores inescrupulosos desaprovaram minhas contas, mesmo já aprovadas pelo Tribunal de Contas”. Os dicionários definem o adjetivo inescrupuloso como “desonesto, antiético, imoral”.

continua após publicidade


Segundo Alcides Ramos, os vereadores reagiram com indignação ao comentário do ex-prefeito. “Ele vai ter que provar na Justiça que os oito vereadores são inescrupulosos. É um ato de desespero, que tenta denegrir a imagem do Legislativo e que merece o nosso mais firme e veemente repúdio”, assinalou o presidente da Câmara. Ele se reuniu com a assessoria jurídica da Casa na tarde desta sexta-feira e pediu para que os oito vereadores sejam orientados sobre as medidas cabíveis.

continua após publicidade


Segundo a procuradoria do Legislativo, cada vereador deve procurar a Delegacia e registrar boletim de ocorrência. Depois, ações individuais serão movidas a fim de que o ex-prefeito seja responsabilizado civil e criminalmente. “O Tribunal de Contas não aprova ou reprova as contas de prefeito nenhum. Esta é uma prerrogativa da Câmara. O Tribunal dá um parecer, que no caso do ex-prefeito trouxe várias ressalvas que os vereadores, em sua maioria, entenderam
como insanáveis”, afirmou Alcides Ramos. “Ao chamar publicamente os oito vereadores que votaram contra suas contas de inescrupulosos, o ex-prefeito ataca a honra dos representantes do povo e desrespeita a própria democracia”, acrescenta Alcides Ramos. Por fim, o presidente da Câmara informou que a reprovação das contas de Pegorer já está sendo encaminhada ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas.