Política

Richa assina protocolo de intenções para construção de usina de biodiesel

Da Redação ·
Governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (2) um protocolo de intenções com a empresa Potencial Petróleo
fonte: SECS
Governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (2) um protocolo de intenções com a empresa Potencial Petróleo

O governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (2) um protocolo de intenções com a empresa Potencial Petróleo, que vai implantar uma usina com capacidade para produzir até 170 milhões de litros de biodiesel (B100) por ano no município da Lapa, a 65 km de Curitiba. A Potencial Industrial e Comércio de Biodiesel receberá um investimento de R$ 87 milhões e abrirá pelo menos 120 empregos diretos.

continua após publicidade

Este é o primeiro empreendimento a ser formalmente enquadrado no programa Paraná Competitivo, lançado pelo governador em 24 de fevereiro, para incentivar a geração de empregos por meio da concessão de incentivos para expansão de empresas e implantação de novos empreendimentos no Paraná. Menos de uma semana depois do lançamento, estão autorizados onze empreendimentos, que somam mais de R$ 265 milhões e devem abrir 3.532 novos postos de trabalho.

continua após publicidade

“É um momento especial para o Paraná, uma conquista importante para o Estado e para a Lapa e seu povo, que confiou nas nossas propostas. É uma prova de que o setor público pode ser tão rápido e competente quanto a iniciativa privada”, disse o governador.

continua após publicidade

O secretário de Indústria e Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, disse que o anúncio da Potencial Petróleo é o primeiro de uma série de empresas que vão se instalar no Paraná, onde vão gerar empregos e contribuir com impostos que ajudarão a vencer o desafio de melhorar a vida dos paranaenses. “Estamos alongando o prazo para que as empresas paguem os impostos em troca da geração imediata de novos empregos para os paranaenses, principalmente os jovens”, afirmou Barros.

O secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, disse que o programa Paraná Competitivo já está dando mostras de sua qualidade e agilidade. “Esse anúncio é a demonstração de que a partir de agora as empresas terão segurança e agilidade para investir no Paraná”, afirmou Hauly.