Política

Beto Richa abre ano letivo e dobra repasse para o transporte escolar no PR

Da Redação ·

O governador Beto Richa anunciou nesta terça-feira (8), em Ortigueira, ao fazer a abertura do ano letivo da rede pública estadual, que o Governo do Estado vai duplicar o repasse de recursos para o transporte escolar, de R$ 27 milhões para R$ 54 milhões, e criar o Comitê Estadual de Transporte Escolar. Durante a solenidade, o governador anunciou também a construção, em Ortigueira, da primeira escola em período integral de sua gestão.

continua após publicidade

O município, da região centro-oriental, apresenta o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Paraná: 0,62. “É vergonhoso que o Paraná ainda tenha um terço da sua população vivendo em áreas com IDH abaixo da média nacional. Investir fortemente nessas regiões é um compromisso do meu governo, que já começamos a cumprir com investimentos como esses”, disse Richa.

continua após publicidade

O governador lembrou que seu programa de governo, registrado em cartório, prevê ações integradas e específicas para promover o desenvolvimento regional e municipal, de acordo com as características de cada região. “Nossa administração tem o compromisso com a gestão de qualidade, norteada por conceitos baseados na ética, na transparência e na democracia”, afirmou.

continua após publicidade

TRANSPORTE ESCOLAR – O aumento nos valores repassados aos municípios para o custeio do transporte escolar é uma reivindicação antiga das prefeituras, que nos últimos anos têm sido obrigadas a bancar o transporte de alunos da rede estadual – despesa que suprime recursos de outros investimentos. “É uma distorção que vamos corrigir com o aumento dos repasses de R$ 27 milhões para R$ 54 milhões ainda em 2011”, afirmou Beto Richa.

continua após publicidade

Ao abrir oficialmente o ano letivo, o governador também reafirmou a meta de elevar a qualidade das escolas paranaenses ao mesmo nível das municipais da capital: “A educação é um instrumento de emancipação, um diferencial para o desenvolvimento. Garanti a Curitiba um ensino de excelência, reconhecido como o melhor entre as capitais. Isso foi conseguido com uma parceria estreita e com a motivação de professores e equipe técnica”.

continua após publicidade

Beto Richa disse que, a exemplo de seu pai, o ex-governador José Richa, pretende fazer uma administração humana, com o devido reconhecimento aos profissionais da educação. “Meu pai deixou sua marca como o governo que mais levou avanços à carreira dos professores. Nosso governo pretende agir da mesma forma. Reafirmo o compromisso assumido de tratar os profissionais da educação com respeito e dignidade”, disse.

continua após publicidade

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, disse que a presença do governador em Ortigueira simboliza a determinação de fazer uma revolução pela educação no Paraná, em articulação com todas as políticas públicas: habitação, emprego e geração de renda, esporte, cultura.

Ele destacou a importância dessa articulação, dando como exemplo a habitação. “Casa significa menos envolvimentos com drogas, menos problemas com segurança, mais sucesso na escola. Tudo isso contribui para mais felicidade do ser humano”, disse o secretário.

continua após publicidade

Ainda em Ortigueira, Richa também assinou um convênio que prevê parceria entre a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), a Caixa Econômica Federal e a prefeitura para a construção de 42 casas populares.

continua após publicidade

O prefeito do município, Geraldo Magela do Nascimento, disse que tem esperança de que o município evolua e seja capaz de oferecer educação de qualidade e moradia digna para todos. “A presença do governador na nossa cidade demonstra a preocupação que toda a equipe de governo tem com as pessoas mais carentes do nosso Estado”, disse Nascimento.

continua após publicidade

INFRAESTRUTURA – O governador reafirmou seu propósito de realizar grandes investimentos em infraestrutura, que considera uma área estratégica para promover o desenvolvimento econômico e social do estado. No entanto, pediu paciência à população neste início do governo. “Encontramos um Estado sem capacidade de investimentos e, para iniciar a reversão deste processo, determinamos a cada secretaria a redução de 15% do custeio, além da suspensão de pagamentos por 90 dias”.

“Estradas melhores, tarifas de pedágio compatíveis, o investimento em ferrovias, como a que queremos construir em parceria com o governo do Mato Grosso do Sul, são fundamentais para atrair novas empresas ao Paraná e expandir o Porto de Paranaguá, além de recuperar sua credibilidade”, afirmou Richa, que reforçou a determinação de ampliar os aeroportos, em especial os de Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu. “A atual realidade precária estava dificultando a atração de novos investimentos para o interior. Vamos mudar esta realidade”, afirmou.

continua após publicidade
continua após publicidade

HABITAÇÃO - Beto Richa assinou ainda convênio para construção de 42 casas com a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e prefeitura de Ortigueira para a construção de 42 casas populares no município, que tem o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado. O convênio foi assinado durante a solenidade de abertura do ano letivo, em Ortigueira.“Temos um terço da nossa população vivendo em regiões com IDH abaixo da média nacional. É um número vergonhoso e vamos trabalhar fortemente para melhorar a vida das famílias que vivem nestas regiões”, disse Richa.

“Hoje assinamos o primeiro convênio para construção de moradias populares aqui em Ortigueira e assim faremos por todo o estado, sem olhar bandeiras políticas”, afirmou o governador. “Vamos garantir a materialização de um sonho acalentado por muitas famílias durante décadas, que é o sonho da casa própria. Não vamos permitir que ninguém viva em condições subumanas, sem água, esgoto e energia elétrica. Nosso compromisso é com habitação de qualidade.”

Para o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, assinar o convênio no mesmo dia em que acontece a abertura oficial do ano letivo tem um significado especial, pois habitação, assim como educação, é um direito humano fundamental. “Ter uma casa significa tranquilidade, segurança e felicidade. E os alunos que têm moradia segura, com toda certeza têm mais sucesso na escola. Estamos promovendo a valorização do ser humano”, disse Arns.

O presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, afirmou que é importante atender os municípios mais carentes. “Atuaremos em todas as cidades do estado e trabalharemos em parceria com a Secretaria de Educação para que as crianças não deixem de estudar por falta de condições, por não ter uma casa decente. Faremos história na questão da habitação popular no Paraná”, disse.

O prefeito de Ortigueira, Geraldo Magela do Nascimento, disse que tem esperança de que o município evolua e tenha educação de qualidade e moradia digna para todos: “É uma satisfação receber o governador para a abertura do ano letivo e a assinatura do convênio para construir 42 casas. Isso demonstra a preocupação que a equipe de governo tem com as pessoas mais carentes do nosso estado”.

Para o superintendente da regional norte da Caixa Econômica Federal, Roberto Luiz Bachmann, oconvênio demonstra que a parceria é o melhor caminho para que o Paraná se desenvolva social e economicamente. “Tenho certeza de que este convênio contribuirá para superarmos a meta de 25 mil habitações no estado, graças a esta acertada parceria entre os governos federal e estadual”, afirmou.

CONVÊNIO - A Cohapar será responsável pelos projetos técnicos da obra, orientando a construção. Também viabilizará a contratação junto à Caixa, fará o cadastro, seleção e classificação das famílias, além de intervir junto à Copel e Sanepar para facilitar a instalação de redes de água, esgoto e luz elétric