Política

Richa reforça importância de parcerias com entidades sociais

Da Redação ·
 Beto Richa
fonte: AEN
Beto Richa

O governador Beto Richa e o ex-governador de São Paulo, José Serra, visitaram na sexta-feira (21) a sede nacional da Pastoral da Criança, em Curitiba. Richa ressaltou a importância das parcerias entre o governo e as organizações sociais e disse que dará atenção especial à Pastoral da Criança. “É um orgulho para os paranaenses o reconhecimento do trabalho da Pastoral no Brasil e no mundo no combate à mortalidade infantil e materna. Vamos procurar integrar esse trabalho com as ações do Estado, como fizemos na capital, com excelentes resultados”, disse o governador.

continua após publicidade

O coordenador da Pastoral da Criança, Nelson Arns Neumann, disse que a entidade está em busca de apoio em âmbito local e nacional para a redução na burocracia na prestação de contas por convênios com entes públicos. Em 2010, a entidade recebeu 320 mil notas fiscais de mais de 4.000 municípios, que precisam ser apresentadas uma a uma dentro de um sistema de convênios do governo federal. Para prestar contas disso, a Pastoral da Criança gastou R$ 300 mil a mais de seu orçamento. Os recursos poderiam ajudar no atendimento a mais de 200 mil crianças durante um mês.

continua após publicidade

A deputada federal Cida Borghetti acompanhou a visita à Pastoral da Criança. No encontro, o ex-governador paulista José Serra disse que tem grandes expectativas com o governo de Beto Richa no Paraná. “É um governador muito preparado, que foi considerado o melhor prefeito do Brasil por várias vezes, e tenho certeza de que vai ter desempenho que corresponda às expectativas da população do Paraná, porque tenho muita esperança em que podemos ter um rumo melhor para o nosso país”, disse Serra.

DENGUE — Beto Richa também falou sobre o trabalho que está sendo desenvolvido para combater a dengue no Paraná. No primeiro dia de trabalho de 2011, Richa tratou com o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, sobre um plano emergencial de combate à dengue nos municípios onde a situação está mais crítica, no norte e no Oeste do Estado. “Hoje faltam profissionais preparados para combater a dengue no Estado e o nosso secretário, que tem grande experiência, está intensificando uma campanha nos moldes do que foi feito em Curitiba, capital que é exemplo nacional no combate à dengue”, disse o governador