Política

Câmara muda plenário em favor da acessibilidade

Da Redação ·
 Plenário da Câmara de Apucarana, onde as obras de adequação começaram na sexta-feira
fonte: Divulgação
Plenário da Câmara de Apucarana, onde as obras de adequação começaram na sexta-feira

O plenário da Câmara de Apucarana está passando por mudanças. A principal
delas é a adequação do piso, construído com vários degraus que prejudicam
a acessibilidade e que já causaram alguns acidentes durante solenidades e
outros eventos. “Hoje é difícil para um cadeirante ou mesmo para
deficientes físicos e pessoas de mais idade entrarem no plenário da Câmara
de Apucarana. Mesmo com a disposição de economizar, vamos atender a
solicitações dos vereadores e de outras pessoas que passam pelo
Legislativo e fazer as adequações antes do fim do recesso e do retorno das
sessões, em fevereiro”, comenta o presidente da Câmara, Alcides Ramos
Júnior (DEM).

continua após publicidade


Ele lembra que um dos degraus fica no meio do plenário, em frente à mesa
diretora. Também há dois degraus nas laterais, confundindo principalmente
as pessoas de mais idade. O piso do plenário será elevado, a fim de ficar
no mesmo nível, com exceção da mesa diretora e das cadeiras para
convidados, que continuarão em outro patamar. “Além de facilitar a
circulação de todos no plenário, sem risco de tropeço nesses degraus,
também vamos instalar duas rampas de acesso – uma na entrada principal do
plenário, outra na porta que liga à sala da presidência e os gabinetes. Se
vamos cobrar dos demais órgãos públicos as adequações necessárias para
garantir a acessibilidade, temos que fazer também a nossa parte”,
acrescenta Alcides Ramos.


Além da adequação do piso, também serão trocadas as mesas e feitos reparos
nas instalações dos microfones, que têm apresentado falhas durante as
sessões ordinárias e os eventos. “Tanto o piso quanto os móveis têm mais
de 40 anos. As instalações também são antigas e precárias. É o mínimo que
podemos fazer antes da retomada dos trabalhos”, frisa Alcides. Segundo
ele, toda a adequação, que deve durar uma semana, será aproveitada na
ampliação do prédio do Legislativo, obra prevista para 2012 e que vai
preparar a Casa para a próxima legislatura, quando o número de vereadores
em Apucarana vai sair de 11 para 19.