Política

Alckmin diz esperar ter boas relações com Dilma

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Alckmin diz esperar ter boas relações com Dilma
fonte:
Alckmin diz esperar ter boas relações com Dilma

No discurso da transmissão de cargo, o governador empossado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), destacou hoje que pretende ter as melhores relações possíveis com o governo federal. "Vamos ter com Dilma (Rousseff) a melhor das relações. Vamos trabalhar para que o Brasil cresça e tenha seu lugar no mundo", disse. Porém, de acordo com Alckmin, o governo de São Paulo "reivindicará tudo o que precisar do governo federal". "Lutaremos por aquilo que é de direito do povo paulista." Ele viajaria para Brasília após a cerimônia, para a posse da presidente eleita Dilma Rousseff.


Alckmin destacou que dará continuidade ao projeto político do PSDB, que chega ao quinto mandato consecutivo à frente do governo do Estado. "Vamos aprimorar e inovar para ampliar o legado do PSDB em São Paulo", afirmou. "Não temos pretensão de abrir novos caminhos. Já temos um caminho aplainado por onde podemos caminhar."


O governador paulista disse ainda que quer aprimorar os canais de comunicação com a população, por meio do uso de redes sociais. "Além de ser legitimado nas urnas, é preciso ter um diálogo permanente com a população", disse.


Alckmin afirmou também o governo estadual se concentrará na ampliação de oportunidades e terá foco no ser humano. Citou compromissos na área da saúde, educação, segurança pública e construção de casas populares e urbanização de favelas. "Essas preocupações e reivindicações são mais do que justas." O tucano mencionou ainda como metas do governo a ampliação da Rodovia dos Tamoios, do Rodoanel Mário Covas, de estradas vicinais e da malha ferroviária.


FHC e Serra


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) também mereceram destaque no discurso do governador. Segundo Alckmin, a gestão de FHC "mudou o Brasil" e "acertou as bases políticas e econômicas do País", bem como respeitou as leis e manteve um bom relacionamento com a imprensa. O governador paulista lembrou ainda a parceria entre o ex-presidente e a administração estadual, então a cargo do governador Mário Covas. Ao começar a falar de FHC, o governador do PSDB foi aplaudido.


Alckmin elogiou Serra ao ressaltar que ele trouxe ao Poder Executivo estadual as mesmas características que marcaram a atuação como parlamentar, ministro e prefeito. "O brilho de sua inteligência, a consistência de seu pensamento, sua criatividade e enorme capacidade de trabalho fizeram dele uma grande liderança nacional", disse o governador tucano, que foi aplaudido. Na sequência, Serra levantou-se e acenou para o público.

continua após publicidade