Política

Alckmin anuncia mais três secretários de São Paulo pelo Twitter

Da Redação ·
 Alckmin
fonte:
Alckmin

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou nesta quarta-feira (29) mais três nomes que integrarão sua equipe de governo a partir do próximo ano. No anúncio, feito pelo Twitter (serviço de microblog), foi confirmada a permanência de Andrea Matarazzo na Secretaria da Cultura; e a indicação de Jorge Roberto Pagura (PTB) para comandar a secretaria de Esportes; e do deputado estadual Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), que será secretário de Assistência e Desenvolvimento Social.

continua após publicidade

Ao todo, o tucano já indicou 22 secretários de Estado e, se mantiver a Secretaria de Comunicação, terá 27 pastas ao todo. Da gestão anterior, de José Serra (PSDB), ele extinguiu a Secretaria de Ensino Superior e a de Relações Institucionais.

continua após publicidade

Até o fim desta semana, o tucano deverá indicar os futuros secretários de Agricultura, Energia, Gestão Pública, Gestão e Desenvolvimento Metropolitano.

continua após publicidade

Ontem, o governador eleito confirmou a indicação dos deputados estaduais Bruno Covas (PSDB), para o comando do Meio Ambiente, e Edson Giriboni (PV), para a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, além do deputado federal Márcio França (PSB), que assume a pasta de Turismo.

Outros nomes já haviam sido anunciados: Andrea Calabi (Fazenda); Emanuel Fernandes (Planejamento); Elival da Silva Ramos (Procuradoria-Geral do Estado); Sidney Beraldo (Casa Civil); Guilherme Afif Domingos (Desenvolvimento); Saulo de Castro Abreu Filho (Transportes); Jurandir Fernandes (Transportes Metropolitanos); Linamara Rizzo Battistella (Direitos da Pessoa com Deficiência); Admir Gervásio (Casa Militar e Defesa Civil); Giovanni Guido Cerri (Saúde); Davi Zaia (Emprego e Relações do Trabalho); Sílvio Torres (Habitação); Herman Voorwald (Educação); Eloisa de Sousa Arruda (Justiça).

continua após publicidade

Além disso, o tucano anunciou a permanência de Antonio Ferreira Pinto na Secretaria de Segurança Pública e de Lourival Gomes na Administração Penitenciária.