Política

Lula se despede no Rio com um 'até breve'

Da Redação ·
 Lula agradeceu o povo carioca e prometeu seguir lutando pelo Brasil
fonte: Marcos de Paula / Agência Estado
Lula agradeceu o povo carioca e prometeu seguir lutando pelo Brasil

“Um abraço e até... Até outro dia! Se Deus quiser! Não pensem que eu vou desistir não. Eu vou estar por aí.”

continua após publicidade

Foi com essa a frase que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou dois mandatos na Presidência da República, junto aos moradores do Rio.

continua após publicidade

O show na Praça da Apoteose, que contou com a presença dos sambistas Zeca Pagodinho e Martinho da Vila, durou pouco mais de uma hora e lotou a avenida do samba.


Depois de algumas músicas, o presidente entrou no palco acompanhado do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que assumiu o microfone e se colocou como mestre de cerimônia. Lula foi recebido pelo público com gritos e aplausos. No evento, organizado pelo próprio governador, foram apresentados dois vídeos. No primeiro, pessoas anônimas agradeceram ao presidente.

continua após publicidade

Raissa do Morro da Providência desejou um feliz Natal e um próspero ano novo.


Já a professora Lenita do Borel, se emocionou ao agradecer por todos os benefícios trazidos ao país.

continua após publicidade

- Sou professora há quase 30 anos. Muitas vezes tive que socorrer crianças que passavam mal de fome. Você ajudou a erradicar a fome nesse país.

continua após publicidade

O segundo vídeo exaltou os feitos do governo federal no Estado e as parcerias entre as duas esferas. Sérgio Cabral não deixou de expressar o seu profundo agradecimento a Lula.

continua após publicidade

- Eu aqui falo em nome do meu vice-governador, dos 92 prefeitos, dos 46 deputados federais e dos 70 estaduais, que tiveram o presidente da República mais amigo da história do Rio. A gente te ama, presidente.

Lula agradece cariocas e alfineta opositores

continua após publicidade

Durante o discurso, Lula brincou com o público. E, além de se convidar para o carnaval em 2011, ele pediu para que o governador o levasse à praia de Copacabana.

continua após publicidade

- Eu venho ao Rio Janeiro desde 1975 (...) Nunca teve uma pessoa que falasse o seguinte: o Lula, vamos fazer alguma coisa na areia da praia de Copacabana, descalço? Agora, me convide sem ser presidente para que eu coloque uma sunga bonita e tome um banho na praia de Copacabana. Vocês não sabem a vontade que eu tenho de sentar em uma barraquinha daquela e pedir uma caipirinha, uma cerveja, sem medo da imprensa.

Lula também não poupou críticas aos ex-governos da cidade, tanto estadual quanto municipal.

continua após publicidade

- Nós sabemos o tipo de prefeito que a gente tinha aqui. Que nunca foi ao aeroporto me receber, embora nós nunca tivéssemos negado um centavo. Não dá mais para esse país conviver com a mediocridade política, daqueles que pensam no seu próprio umbigo e não nas pessoas mais humildes desse país.

Lula afirmou ainda que esta semana vai pegar a pesquisa de opinião do Ibope, cuja avaliação do governo federal, de acordo com o próprio presidente, ficará com 87% de bom e ótimo.

Na despedida, Lula agradeceu ao povo do Rio.

- Obrigado Rio de Janeiro, pelo carinho, pelo respeito e pela grandeza que vocês tiveram no comportamento com o governo federal.

Ele concluiu afirmando que vai ajudar a reeleger o atual prefeito da cidade, Eduardo Paes.