Política

Carmelo pede cumprimento de lei que erradica a murta

Da Redação ·
 Carmelo Ribeiro: “A planta hospeda a bactéria que causa o Greening, ameaçando as lavouras cítricas”
fonte: Divulgação
Carmelo Ribeiro: “A planta hospeda a bactéria que causa o Greening, ameaçando as lavouras cítricas”

O vereador Carmelo Ribeiro (PR) apresentou requerimento pedindo que a Prefeitura de Apucarana, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Agricultura, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seab), tome providências urgentes visando a erradicação da murta.

continua após publicidade
continua após publicidade

Segundo Carmelo, tal medida é necessária em função da Lei Estadual 15.953, que determinou o fim da murta no Paraná como medida para prevenir e combater o Greening, doença que ataca as plantas cítricas. “A lei, de 2008, estabeleceu setembro de 2010 como prazo final para a erradicação. No entanto, o que nós continuamos vendo em nosso município é não só a presença da murta em vários locais, como a comercialização livre da muda desta árvore”, denuncia Carmelo.


A murta é uma árvore de até sete metros de altura, freqüentemente utilizada na arborização de ruas e na formação de cercas vivas. “O problema é que ela é um dos principais hospedeiros da bactéria disseminada pelo inseto transmissor do Greening, colocando em risco as plantações de limão, laranja, tangerina e outras frutas cítricas. Por isso, o assunto tem que ser tratado com a devida atenção e a lei estadual deve ser cumprida”, acrescenta Carmelo.