Política

Dilma diz em comício que maioria quer mulher na Presidência

Da Redação ·
 Dilma e Lula fazem primeiro comício do segundo turno
fonte: Divulgação
Dilma e Lula fazem primeiro comício do segundo turno

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, fez um discurso voltado às mulheres em seu primeiro comício do segundo turno, realizado na noite desta segunda-feira (11) em Ceilândia, cidade-satélite a 26 km de Brasília.

continua após publicidade

De olho nos eleitores de Marina Silva (PV), que teve quase 20% dos votos válidos no primeiro turno, Dilma deu um recado direto: que 67% dos brasileiros escolheram uma mulher para governar o país. A fatia é a soma dos votos válidos de Marina e Dilma no primeiro turno.

continua após publicidade

- Eu queria dar uma palavra para as mulheres. A eleição do 1º turno mostrou que 67% dos brasileiros apoiaram uma mulher para presidente do Brasil. A eleição mostrou que o povo brasileiro não é preconceituoso, que sabe que a mulher está preparada para comandar o Brasil.

continua após publicidade

Dilma aproveitou para fazer uma homenagem às brasileiras.

- E a mulher está preparada graças às milhares de mulheres que saem todos os dias de casa para trabalhar e poder criar os seus filhos. São empregadas domésticas, policiais, professoras, enfermeiras. Eu tenho a honra de representar essas mulheres. É hora de uma mulher ser presidente. E se Deus quiser vamos eleger a primeira mulher presidente do Brasil.

continua após publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fechou o comício em Ceilândia, aproveitou o discurso de Dilma e seguiu na mesma linha. Lembrou as conquistas das brasileiras, como o direito ao voto, e que até pouco tempo atrás elas não participavam da política brasileira.

continua após publicidade

- Cheguei ao Congresso em 1987 e no Congresso não tinha banheiro para mulher. Mulher não podia entrar de calça no Congresso. As mulheres querem participar em igualdade de condições.

continua após publicidade

Os discursos, tanto de Dilma quanto de Lula, também focaram a economia e compararam a gestão petista e a gestão tucana de Fernando Henrique Cardoso. Dilma disse que o país “não é caranguejo que volta para trás”.

- Nós não queremos mais aquela época de desemprego, que diziam que alguns brasileiros jamais conseguiriam emprego, não queremos Brasil em que pai de família não tem o que colocar na mesa. Queremos um Brasil que cresce. Eles dizem que um país sem miséria é impossível. Eles sempre dizem que as coisas são impossíveis. Eles diziam que não poderíamos pagar o FMI, e nós pagamos e agora emprestamos para o FMI.

continua após publicidade

Lula não citou o adversário de Dilma, o tucano José Serra, nominalmente, mas fez comparações entre as candidaturas.

continua após publicidade

- Conheço Dilma e conheço o adversário dela há muito tempo e sei que ela é muito mais competente do que o adversário dela.

continua após publicidade

O comício aconteceu um dia depois do primeiro debate na televisão entre os candidatos que disputam o 2º turno, marcado pela troca de acusações entre Dilma e Serra.

O primeiro comício

O primeiro comício de Dilma no segundo turno reuniu entre 3.000 a 4.000 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, na Praça Da Bíblia da cidade-satélite de Ceilândia. O candidato do PT ao governo do Distrito Federal, Agnelo Queiroz abriu o evento.

No palco ao lado de Dilma, Lula e Agnelo, estavam a primeira-dama, Marisa Letícia, o candidato à vice-presidência, Michel Temer, que discursou logo após Agnelo, os senadores eleitos pelo Distrito Federal Cristovam Buarque e Rodrigo Rollemberg, o mais novo coordenador de campanha de Dilma, Ciro Gomes e ministros de Lula: Carlos Gabas (Previdência), Celso Amorim (Relações Exteriores), Izabella Teixeira (Meio ambiente) e Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência).

A escolha da cidade satélite para o primeiro comício da Dilma no segundo turno não foi por acaso. O Distrito Federal foi a única unidade da federação que teve vitória da candidata do PV, Marina Silva. Dilma ficou em segundo lugar no DF e tenta no segundo turno conquistar os votos da verde em todo o país. A cidade de Ceilândia também foi escolhida pelo PT para um comício do então candidato Lula em 2006.