Política

Ciro vai integrar cúpula da campanha de Dilma

Da Redação ·
 Dilma anunciou que Ciro vai participar de sua campanha
fonte: Divulgação 05.10.2010
Dilma anunciou que Ciro vai participar de sua campanha

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou nesta terça-feira (5) que o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) passa a fazer parte da coordenação de sua campanha. O anúncio foi feito após reunião com Ciro e os governadores reeleitos do Nordeste Cid Gomes (Ceará), irmão de Ciro, Marcelo Déda (Sergipe) e Eduardo Campos (Pernambuco).

continua após publicidade

- Tem uma pessoa muito especial que hoje integra a coordenação da minha campanha, que é o nosso querido Ciro Gomes. E estou muito feliz com isso, pois eu o admiro, o respeito e considero muito o deputado Ciro Gomes, e tenho certeza que ele tem uma grande contribuição a dar.

continua após publicidade

Dilma não especificou, entretanto, que papel Ciro desempenhará. Ela disse que, na reunião com as lideranças nordestinas, foi discutida a importância da região para o “aprofundamento das transformações pelas quais o Brasil passou”.

continua após publicidade

- Antes Nordeste era parte do problema. Hoje é a parte da solução.

A petista afirmou que considera que a campanha do segundo turno será útil para que o eleitor possa conhecer melhor a diferença entre dois projetos de governo que terá que escolher, voltando a afirmar que ela representa o do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de avanço, enquanto Serra representa o de Fernando Henrique Cardoso, de “volta ao passado”.

continua após publicidade

- O que foi o PSDB no Brasil tem que ser lembrado porque é a carta de referência que o eleitor pode ter para considerar o que significa concretamente, e não com promessas unicamente, os compromissos do meu adversário. Meu projeto é de mudança, de transformação do Brasil.

continua após publicidade

Dilma aproveitou ainda para criticar o governo de FHC por, segundo ela, não ter implantado os programas sociais que Lula fez em sua gestão. Ela afirmou que o “projeto anterior excluía parte dos brasileiros” ao não cuidar deles.

- Ninguém pode alegar que não fez programa social porque não tinha recurso. Quando a gente quer fazer programa social, a gente encontra e acha os recursos.