Política

Beto Richa vai abrir guerra ao crack, com tolerância zero ao traficante

Da Redação ·

Beto Richa vai abrir guerra ao crack, com tolerância zero ao traficante

continua após publicidade

Na TV, Beto apresenta propostas para criar Centros de Tratamentos e ações de prevenção contra a droga

Beto Richa vai declarar guerra contra o crack e dar suporte para dependentes e famílias. "Como governador, vou abrir guerra ao crack. Vou tratar este mal com todo rigor que ele merece. Vou criar Centros de Recuperação para Dependentes de Drogas em todas as regiões do Estado", afirmou Beto em seu progtama na Tv na noite desta sexta-feira (27).

continua após publicidade


Beto é o único dos candidatos a governador com experiência na área. Quando foi prefeito de Curitiba, criou a primeira secretaria municipal Antidrogas do Brasil. Quem comandou a secretaria foi o delegado Francisco Francischini, que prendeu o traficante Fernandinho Beira-mar e o Juan Carlos Abadia.


Para combater a venda da droga, as polícias estaduais vão atuar em conjunto com as forças federais, envolvendo a Polícia Federal, Força Nacional de Segurança e a Interpol. Atualmente, 70% das drogas e armas apreendidas no Brasil entram pelas fronteiras do Paraná. "Para tirar o Paraná da rota do tráfico de drogas e de armas, vou proteger a fronteira e vou cuidar dos nossos jovens", disse Richa.


Beto Richa foi buscar boas soluções na Itália, Portugal e Holanda para dar suporte às famílias com parentes dependentes. "Nestes países, o dependente é tratado como doente. Ele precisa de remédio e tratamento em três etapas: isolamento, medicação e comunidades de recuperação", disse.

continua após publicidade


O Paraná vai ganhar quatro Centros de Recuperação para Dependentes de Drogas: em Maringá, Londrina, Cascavel e Piraquara. Estas unidades farão ao atendimento emergencial para os dependentes. As comunidades terapêuticas também vão participar do processo de recuperação dos usuários de crack, oferecendo atendimento psicológico e terapias ocupacionais, como artesanato e tarefas domésticas. "Cerca de 150 comunidades terapêuticas já funcionam no Paraná de maneira heróica. Vamos dar o apoio técnico, administrativo e financeiro para que possam atender mais e melhor",


Na área de prevenção, serão formados Líderes para Mudança, que vão coordenar atividades educativas para orientar jovens. Estes líderes ajudaram a formar mais líderes formando um grande corrente de combate as drogas.