Política

Presidente da Telebrás cobra Serra sobre banda larga

Da Redação ·

O presidente da Telebrás, Rogério Santanna, comentou sobre a posição do candidato tucano à Presidência da República, José Serra, que disse que descartaria, se eleito, a estatal como gestora do Plano Nacional de Banda Larga. "É bom que eles tomem uma posição (sobre o Plano Nacional de Banda Larga)", disse Santanna sobre os tucanos. Ele se referiu à reportagem publicada no jornal Brasil Econômico em que o candidato afirma que tem um "Plano B" para a expansão da banda larga no País.

continua após publicidade

Santanna defendeu que os eleitores têm o direito de saber as posições claras dos candidatos sobre a questão para poder definir seu voto, dando a entender de que a posição tucana, ao ser exposta, pode acabar beneficiando a candidata do governo, Dilma Rousseff. As declarações do presidente da empresa foram dadas na saída de uma reunião com a ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, em que foram tratados os andamentos do Plano Nacional de Banda Larga.