Política

​Ex-advogado da senadora Gleisi Hoffmann faz críticas à República de Curitiba

Da Redação ·
Senadora Gleisi Hoffmann (PT), na Tribuna do Norte, em Apucarana: presidente do PT - Foto: Arquivo/TNONLINE/Imagem Ilustrativa
Senadora Gleisi Hoffmann (PT), na Tribuna do Norte, em Apucarana: presidente do PT - Foto: Arquivo/TNONLINE/Imagem Ilustrativa

O ex- advogado da senadora Gleisi Hoffmann (PT), Guilherme Gonçalves, um dos investigados que teve seu escritório citado na Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF) fez críticas  à República de Curitiba quando palestrava no V Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral.

O advogado afirmou que Curitiba não deve ser a “república da perseguição, mas sim da libertação e da defesa das garantias constitucionais”.

Sobre Sérgio Moro
Em entrevista à Gazeta do Povo (RPC), Gonçalves garantiu não ter nada contra Sérgio Moro e que o vê como um dos juízes mais preparados. O advogado acrescentou, no entanto que "não se deve apostar na virtude de um sujeito, e sim nas instituições".

continua após publicidade

Propina
De acordo com a PF, Guilherme Gonçalves é suspeito de envolvimento com a Consist, empresa de software que teria sido usada para pagamento de propina. Na 18ª fase da Operação Lava Jato – a Pixuleco II - policiais federais cumpriram  mandado de busca e apreensão no escritório do advogado, em Curitiba.