Política

Governador do PR apresenta potencialidades a embaixador 

Da Redação ·
Governador Beto Richa recebe o embaixador da República da Bielorrússia no Brasil, Leonid Krupets.Curitiba, 01/12/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr
Governador Beto Richa recebe o embaixador da República da Bielorrússia no Brasil, Leonid Krupets.Curitiba, 01/12/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr

O governador do Paraná, Beto Richa  apresentou no Palácio Iguaçu, em Curitiba, as potencialidades econômicas e culturais do Paraná ao embaixador da Bielorrússia (ex-república soviética), Leonid Krupets. Richa disse ao diplomata que o Estado quer fortalecer as relações com o país europeu nas áreas têxtil, maquinários agrícolas e tecnologias.

continua após publicidade

Governador Beto Richa recebe o embaixador da República da Bielorrússia 
no Brasil, Leonid Krupets.Curitiba, 01/12/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr

continua após publicidade

“Temos no Paraná todas as condições necessárias para atração dos investimentos das indústrias bielorrussas”, disse o governador. Beto Richa lembrou que o Paraná é um Estado estratégico que oferece incentivos fiscais, como o programa Paraná Competitivo, para a atração de novas empresas. Além disso, tem mão de obra qualificada, proximidade com o mercado consumidor, segurança jurídica e infraestrutura de qualidade. “O Paraná vive o maior ciclo industrial de sua história, mais de R$ 40,3 bilhões de investimentos que geraram 100 mil empregos em todas as regiões do Estado", disse. 

O governador defendeu a aproximação do Paraná com as representações diplomáticas no Estado. “Entendemos que é muito importante essa aproximação para atração de investimentos, geração de empregos e para ampliarmos os laços culturais”, disse. Richa falou do momento da economia nacional e explicou que, enquanto vários estados brasileiros estão em dificuldades financeiras, o Paraná projeta para o próximo ano investimento recorde em infraestrutura. 

Ele destacou que o Paraná foi eleito o segundo Estado mais competitivo do País, de acordo com o ranking Competitividade dos Estados Brasileiros, elaborado pelo grupo The Economist. Foram analisadas todas as unidades da federação de acordo com 64 indicadores em 10 pilares considerados essenciais para o bom ambiente de negócios: potencial de mercado, infraestrutura, capital humano, educação, sustentabilidade social, segurança pública, sustentabilidade fiscal, eficiência da máquina pública, inovação e sustentabilidade ambiental. 

ESTADO MODELO - Acompanhado por uma comitiva, o embaixador Leonid Krupets disse que seu país tem muito interesse de fortalecer as relações comerciais com o Paraná. “Visitei mais de 17 estados brasileiros e, com certeza, o Paraná tem uma das melhores organizações do Brasil. É um estado moderno que tem uma capital limpa e muito bonita”, disse ele. 

O embaixador citou alguns dados econômicos e destacou que a Bielorrússia, de 9,4 milhões de habitantes, produz 30% do cloreto de potássio consumido no mundo e 10% dos tratores vendidos no mundo. “Queremos estreitar os laços comerciais para investimentos nas áreas de agronegócio e troca de tecnologias. 

O Paraná é um grande estado e queremos fortalecer essa relação”, disse. Leonid Krupets estava acompanhado do ministro conselheiro da embaixada, Viktor Pshenko, e pelo cônsul honorário da Bielorrússia em São Paulo, Grigori Goldshleger.