Política

​Projeto reduz subsídios de vereadores em Cambira

Da Redação ·
Sessão ordinária da Câmara de Cambira, ontem: subsídios podem cair para R$ 970 | Foto: Sérgio Rodrigo
Sessão ordinária da Câmara de Cambira, ontem: subsídios podem cair para R$ 970 | Foto: Sérgio Rodrigo

O País vive um momento difícil com a crise econômica” Ruan da Pak, vereador de Cambira, sobre redução de subsídios  O movimento desencadeado em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, municípios do Norte Pioneiro, que resultou na redução dos salários dos vereadores de ambos os municípios após pressão popular, já está influenciando também no Vale do Ivaí. 

Ontem (17), o vereador Ruan Cardeal Rinaldo (PSC), popular Ruan da Pak, de Cambira, protocolou na Câmara Municipal um projeto de resolução que reduz drasticamente os subsídios dos vereadores, do prefeito e do vice-prefeito para o próximo mandato, ou seja, a partir de 2017. O projeto deverá ser lido na sessão ordinária da próxima semana. Pela sua proposta, o subsídio do vereador, que hoje é de R$ 2.700, cai para R$ 970; o do presidente do Legislativo, que está em torno de R$ 3.100, será também de R$ 970.

O salário do prefeito, que está em R$ 9.500, cai para R$ 6.500. A remuneração do vice-prefeito, hoje equivalente a R$ 2.700 também será o mesmo dos vereadores, ou seja, de R$ 970. Ruan da Pak conseguiu ontem mais cinco assinaturas de vereadores no seu projeto: de Emerson Toledo Pires (PSDB), Rosana Cazadei (PR), André Rivelini (PSC), Ulisses Moya (PRB) e David Martines Batista (PMDB). Para Ruan da Pak, os subsídios dos vereadores de Cambira até que não são tão altos em relação a outras câmaras de municípios do mesmo porte. No entanto, é possível a sua redução como forma de colaborar com as finanças municipais.

“O País vive um momento difícil com a crise econômica. Nós vereadores podemos fazer nossa parte se adequando à realidade atual”, afirma. “Quem sabe lá na frente, quando tudo estiver funcionando bem, ou seja, a saúde, a educação, a assistência social, será possível aumentar os subsídios”, comenta. A Câmara de Cambira é composta de nove vereadores. Ruan da Pak está no seu primeiro mandato, tendo sido eleito com 151 votos para a nona vaga disponível. O município tem uma população estimada em 7.657 habitantes e 6.256 eleitores.

POLÊMICA - Na semana passada, um comentário durante missa feito pelo padre Aparecido Porto de Jesus, de Mauá da Serra, sugerindo que as câmaras da região seguissem o exemplo de Santo Antônio da Platina, acabou gerando polêmica na cidade. Seu comentário não agradou a alguns vereadores, que solicitaram inclusive uma audiência com o bispo da Diocese de Apucarana, Dom Celso Antônio Marchiori, para tratar deste assunto.  A audiência está marcada para esta quarta-feira, às 9 horas. O vereador Nilson Gonçalves (DEM) nega que o encontro é para pedir a transferência do Padre Porto para outra cidade.

continua após publicidade