Política

​Ministro diz que espera votação de MP sobre ajuste fiscal nesta semana

Da Redação ·
Nelson Barbosa assume o Ministério da Fazenda
Nelson Barbosa assume o Ministério da Fazenda

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou nesta segunda-feira (27) que o governo e a base aliada no Congresso Nacional estão “alinhando os últimos pontos” para garantir a votação das medidas provisórias de ajuste fiscal que alteram o acesso da população a benefícios trabalhistas como seguro-desemprego, pensão por morte e abono salarial. Segundo Barbosa, a expectativa do governo é viabilizar a votação de uma das medidas provisórias ainda nesta semana.

continua após publicidade

Desde o início do ano, o governo tem adotado ações para reduzir gastos e reequilibrar as contas públicas.

As MPs 664 e 665, que tornam mais rigoroso o acesso da população a benefícios como seguro-desemprego e pensão por morte, foram enviadas pelo governo ao Legislativo em dezembro do ano passado e servem, segundo o governo, para “corrigir eventuais distorções”. Elas estão sob análise de duas comissões especiais. Após a votação nessas comissões, elas tramitarão na Câmara e no Senado.

continua após publicidade

“A reunião foi boa e nós estamos alinhando os últimos pontos para viabilizar a votação das duas MPs em suas comissões. A gente espera viabiliziar a votação da MP 665, que é a MP que trata do abono salarial e o seguro-desemprego, ainda nesta semana e apresentar o relatório da 664, que trata das questões da Previdência Social, ainda nesta semana para votá-la na próxima semana”, disse.

As declarações do ministro foram dadas após ele participar de reunião com o vice-presidente Michel Temer, outros ministros e líderes da base na Câmara e no Senado para discutir a votação das duas medidas provisórias. Segundo Nelson Barbosa, há “convergência” entre o governo e a base sobre alguns pontos das duas MPs, mas ele ressaltou que outros pontos só serão definidos quando os textos forem para votação.