Política

Justiça suspende processo de cassação contra Pessuti

Da Redação ·
Depitado Osmar Serraglio e Pessuti - Crédito da foto - jornalaguaverde.blogspot.com.br/Arquivo
fonte:
Depitado Osmar Serraglio e Pessuti - Crédito da foto - jornalaguaverde.blogspot.com.br/Arquivo

O ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti, conseguiu ontem (30) uma decisão favorável da Justiça que suspendeu a reunião da Comissão de Ética do PMDB estadual que analisaria pedido de expulsão dele do partido. Pessuti é acusado pelo grupo do senador Roberto Requião de infidelidade partidária durante a campanha eleitoral de 2014.

A juíza Bruna Cavalcanti de Albuquerque Zandomeneco acatou os argumentos dos advogados do ex-governador segundo a qual a Comissão de Ética do partido estaria em situação irregular, já que um dos integrantes da mesma, o ex-procurador Geral do Estado, Luiz Carlos Delazari, que faleceu em outubro do ano passado, não foi substituído.

Segundo a defesa de Pessuti, o estatuto do PMDB prevê que essa substituição teria que ser feita em no máximo 30 dias por indicação do Diretório Estadual do partido, o que não aconteceu.

continua após publicidade


As informações são do Bem Paraná