Política

STF mantém condenação do ex-senador Luiz Estevão

Da Redação ·
Luiz Estevão foi o condenado em dezembro do ano passado à pena de oito anos de prisão
fonte: AE
Luiz Estevão foi o condenado em dezembro do ano passado à pena de oito anos de prisão

O STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou recurso do ex-senador Luiz Estevão por entender que não houve omissão em decisão do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região que o condenou em dezembro do ano passado à pena de oito anos de prisão pelos crimes de evasão de divisas e manutenção de conta bancária no exterior sem comunicar a Receita Federal e o Banco Central. De acordo com a denúncia, Estevão movimentou US$ 20 milhões no período de 1992 a 2000.

continua após publicidade

Em seu recurso, Estevão pedia o trancamento da ação ou o seu encaminhamento à primeira instância, para que a pena fosse reformada. Para a ministra Ellen Gracie, o pedido deveria ter sido feito ao TRF-1, que reformou a decisão de primeiro grau. Segundo ela, não há respaldo legal para retorno do processo ao juiz de primeira instância, readequação da pena, nem tampouco o processo é passível de recurso de apelação, porque o TRF-1 já reformou a pena de primeiro grau.

continua após publicidade

Segundo Ellen, a decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que concedeu parcialmente Habeas Corpus ao ex-senador para considerar nula a denúncia contra ele, manteve sua condenação por manutenção de conta bancária no exterior, sem comunicação ao Banco Central. Tal decisão, ressaltou, não invalida o restante do processo.