Política

Osmar e Beto polarizam 'palanque eletrônico'

Da Redação ·
Osmar e Beto polarizam 'palanque eletrônico'
fonte: documentoreservado.com.br
Osmar e Beto polarizam 'palanque eletrônico'

O tempo dos candidatos no horário gratuito no rádio e televisão refletirá a polarização da disputa entre o senador Osmar Dias (PDT) e o ex-prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB) pelo governo do Paraná. Juntos, os dois principais candidatos ocuparão mais de 90% do tempo de exposição. Em cálculo estimado feito pelo Jornal do Estado com a ajuda de especialistas, o representante tucano deve ficar com cerca de dez minutos. Richa conseguiu reunir 14 partidos em sua coligação – a maior aliança deste ano.


O senador pedetista, que conta com o apoio de sete legendas, terá mais de oito minutos.
A partir do próximo dia 17 de agosto, as emissoras passam a exibir os programas, que serão divididos em dois blocos diários de 30 minutos.
 

continua após publicidade

Os outro cinco candidatos a governador – Avanilson Araújo (PSTU), Paulo Salamuni (PV), Luiz Felipe Bergmann (PSOL), Robinson de Paula (PRTB) e Amadeu Felipe Ferreira (PCB) – dividem o restante horário gratuito.
 

O tempo na propaganda gratuita é calculado da seguinte forma: um terço é dividido igualitariamente entre todos os partidos que têm candidatos e os outros dois terços são proporcionais ao número de deputados federais que cada partido elegeu nas eleições de 2.006.

Nas segundas, quartas e sextas-feiras, serão exibidos os programas dos candidatos a governador, deputados estaduais e senadores. Nas terças, quintas-feiras e sábados, será vez dos candidatos a presidência da República e deputados federais.
 

continua após publicidade

A propaganda vai ao ar no rádio, das 7 às 7h30 e das 12 às 12h30; e na televisão, das 13 às 13h30 e das 20h30 às 21 horas.

Importância – Nos meses em que negociou a construção de ampla aliança para confirmar sua candidatura, uma das principais preocupações do senador Osmar Dias era justamente o tempo de exposição no rádio e televisão. Os candidatos sabem que o poder de alcance destes veículos é tão grande que pode definir uma eleição.
 

O pedetista aposta na popularidade do presidente Lula (PT), que deve ser o personagem principal de sua campanha publicitária, para ganhar votos decisivos.
 

Richa também deve tentar colar sua imagem ao presidenciável tucano, José Serra, que tem seu melhor resultado justamente no Sul do país. O espaço no horário gratuito é semelhante ao desempenho dos principais candidatos nas mais recentes pesquisas eleitorais.
 

continua após publicidade

Tempo de propaganda dos candidatos

Beto Richa (PSDB) - 9min59s

Osmar Dias (PDT) - 8min08s

continua após publicidade

Paulo Salamuni (PV) - 39s

Luiz Felipe Bergman (PSOL) - 24s

continua após publicidade

Avanilson Araújo (PSTU) - 19s

Amadeu Felipe (PCB) - 19s

Robison Luiz (PRTB) - 19s
 

Observação
* Cálculos estimados para as coligações que ainda dependem da confirmação das chapas. Com a colaboração do sociólogo político, Vandixon Richard Delemos.