Política

Relatório final da Comissão da Verdade é notícia internacional

Da Redação ·
Presidente Dilma Rousseff durante relatório da Comissão Nacional da Verdade (Foto: arquivo)
Presidente Dilma Rousseff durante relatório da Comissão Nacional da Verdade (Foto: arquivo)

SÃO PAULO, SP - A entrega do relatório final da Comissão da verdade, que responsabilizou 377 pessoas são pelas graves violações aos direitos humanos ocorridas durante o regime militar (1946-1988), foi tema do noticiário do mundo.

continua após publicidade

Os jornais americanos "New York Times" e "Washington Post", o britânico "The Guardian", o argentino "Clarin", o francês "Le Monde" e a revista americana "Time" foram alguns dos veículos internacionais que cobriram o evento.

Todos ilustraram suas reportagens com fotos do momento em que a presidente Dilma Rousseff (que foi presa e torturada pelos militares) se comoveu.

continua após publicidade

O noticiário deu destaque para a lista de 434 mortos e desaparecidos que integra o relatório. O jornal britânico "The Guardian" cita que, de acordo com a comissão, os Estados Unidos e o Reino Unido treinaram interrogadores a usar métodos de tortura no regime militar brasileiro.