Política

Richa ressalta investimentos em energia e saneamento

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

O governador Beto Richa ressaltou nesta quarta-feira (10), durante agenda em Londrina, os investimentos da Copel e da Sanepar para ampliar e melhorar os serviços de energia e saneamento em todo o Estado. “As duas empresas batem recordes de aplicação de recursos para atender a todas as regiões e garantir suporte ao desenvolvimento econômico do Estado e qualidade de vida aos paranaenses”, afirmou o governador na solenidade em que presidiu diversas ações, marcando a transferência para Londrina da sede do governo estadual. 

continua após publicidade

Richa citou a duplicação do Sistema Tibagi, obra da Sanepar, que garantirá abastecimento de água para Londrina e Cambé para os próximos 20 anos. A Sanepar investe R$ 84 milhões na obra. “Temos um grande programa de investimento na região”, afirmou o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. A duplicação da estação Tibagi será oficialmente inaugurada nesta sexta-feira (12). 

Ghignone lembrou que, em termos de esgoto, Londrina tem hoje a melhor cobertura entre as cidades brasileiras de mesmo porte. “O objetivo, porém, é alcançar a universalização, com cem por cento de cobertura e acreditamos que alcançaremos em menos de uma década”, afirmou. 

continua após publicidade

ILUMINAÇÃO – No mesmo ato, o prefeito Alexandre Kireeff assinou o termo que delega a prestação do serviço de iluminação pública municipal à Sercomtel Iluminação S.A, subsidiária integral da Sercomtel Participações. 

O presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, lembrou que a Companhia participa com 45% da Sercomtel. “Por isso, nos interessa que a empresa vá bem”, disse ele. “O termo assinado hoje cria a empresa prestadora de serviços com atividade de iluminação pública em Londrina e que prestará serviços, também, a outros municípios que, pelo porte, não podem arcar com o serviço”, explicou. 

Zimmer destacou outros investimentos feitos em Londrina. “Na cidade foram aplicados R$ 100 milhões em subestação, em redes, e toda infraestrutura necessária para que não haja carência de energia elétrica. Agora estamos iniciando a linha de transmissão entre Londrina e Assis, um investimento de R$ 135 milhões, que garantirá ainda mais segurança para o atendimento à cidade”, disse ele. 

continua após publicidade

MODERNIZAÇÃO – Em novembro, a Câmara de Vereadores de Londrina aprovou lei prevendo que a Sercomtel assuma, a partir de 1º de janeiro de 2015, a modernização, otimização, expansão, operação e manutenção do sistema de iluminação pública viária e ornamental do município, hoje composto por 61 mil pontos de iluminação, a maior parte sob responsabilidade da Copel. 

A transferência atende a uma determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), visando efetivar a responsabilidade das administrações municipais sobre os sistemas de iluminação, conforme preconiza a Constituição Federal. Pela execução do Contrato de Delegação, o município pagará à Sercomtel Iluminação pelos serviços contratados com recursos da Contribuição Social para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), atualmente com um caixa acumulado de cerca de R$ 50 milhões.