Política

Richa entrega moradias para 201 famílias de Rio Negro e Imbituva

Da Redação ·

Mais 201 famílias paranaenses, moradoras de Rio Negro, no Sul do Estado, e Imbituva, no Centro-Sul, receberam nesta terça-feira (4) suas moradias próprias. As chaves foram entregues pelo governador Beto Richa, em encontro com os prefeitos, lideranças da região e a comunidade, nas duas cidades.

Em Rio Negro, Richa entregou casas novas para 46 famílias da área urbana. O investimento é de R$ 1,4 milhão. Em Imbituva, 155 famílias já podem se mudar para suas moradias próprias. O investimento soma R$ 6,4 milhões. O diretor-administrativo da Cohapar, Luciano Machado, e o gerente geral da agencia da Caixa de Rio Negro, Joel Andrade, participaram da solenidade. 

“As famílias aguardavam há tempo uma casa decente, de qualidade, que agora podem realizar esse projeto e garantir uma vida melhor”, afirmou o governador, em Rio Negro. “Fazemos hoje uma grande revolução habitacional no Paraná, com ações nos 399 municípios”, afirmou Beto Richa. Ele ressaltou que entre unidades entregues, em obras ou já contratadas, são cerca de 80 mil unidades habitacionais. “Para ter ideia da dimensão, nos oito anos anteriores foram 18 mil casas. E queremos manter esse ritmo, fazer ainda mais no segundo mandato, em parceria com Caixa e com os municípios, uma união para o bem dos paranaenses”, disse o governador. 

Richa reforçou a postura municipalista do seu governo e afirmou que na sua segunda gestão a meta é levar ainda mais obras, serviços e atendimento ao interior. “Investir nas cidades é a forma mais eficaz de fazer com que as ações do governo estadual alcancem todas as pessoas”, ressaltou. 

PARCERIA - O vice-prefeito e prefeito em exercício de Rio Negro, James Karson Valério, disse que, com o apoio do governo estadual será construída uma escola municipal no conjunto habitacional. “Também já temos terreno para construção de mais 130 casas no município ”, explicou. “A parceria é muito importante para atender a demanda do povo”, afirmou. 

O prefeito de Imbituva, Bertoldo Rover, também ressaltou a importância do trabalho conjunto. “Há deficit habitacional no Brasil, mas a politica está integrada para a solução”, afirmou ele.

Rover contou que o conjunto habitacional entregue hoje pelo governador ficou no papel durante oito anos. O projeto foi concluído em tempo recorde, depois que o governo estadual assumiu e fez as obras de saneamento e pavimentação. “O resultado está aí. São 155 casas construídas em tempo recorde de um ano e meio. Quando existe concordância as coisas se realizam”, afirmou. 

Para o representante da Caixa Econômica Federal, Joel Andrade, a construção de casas populares é a missão da instituição. “A parceria com o governo estadual e as prefeituras é fundamental para que a Caixa desenvolva esse trabalho”, afirmou. 

VIDA NOVA - Marili Aparecida dos Santos, de Rio Negro, mãe de dois filhos, pagava aluguel de uma casa precária e distante da cidade. “O valor do financiamento da minha nova casa é menor que o do aluguel e ainda fica bem mais perto da cidade. Vou me mudar neste fim de semana, não vejo a hora”, disse ela. 

Jeferson Luiz, de Imbituva, morava com a esposa e a filha na casa construída e pertencente aos seus pais. “Hoje tenho um sonho realizado. Estamos muito felizes”, disse ele, que não teria condições de comprar terreno e construir. “Teremos uma vida muito melhor, tranquila”, afirmou Jeferson, que pretende fazer um jardim, muro e ampliar a casa, quando puder. “Vamos deixar a casa bem bacana.”

MAIS INVESTIMENTOS- O governador ressaltou que Rio Negro também é beneficiado com investimento industrial. Com apoio do programa Parana Competitivo, do governo estadual, a empresa Luvas Yeling, maior fabricante de luvas e mangas de segurança do Brasil, investe R$ 12 milhões para instalar no município, que irá criar 200 empregos diretos e 100 indiretos na região. 

Entre outros importantes investimentos do governo estadual em Rio Negro, está a liberação de R$ 1,5 milhão para a reforma do hospital Bom Jesus. Os repasses do governo estadual para o transporte escolar aumentou em 150%. O município recebeu um micro-ônibus adaptado para o transporte de alunos de escolas especiais. O Centro Estadual de Ensino Profissionalizante Lysimaco Ferreira da Costa foi ampliado, com investimento de R$ 5 milhões. 

Na localidade de Fazendinha, na zona rural do município, foi construída uma nova ponte, no valor de R$ 1,5 milhão. Além disso, foram destinados mais de R$ 791 mil para recape asfáltico e compra de equipamentos rodoviários. Já os investimentos em saneamento básico entre 2011 e 2013 somam R$ 6,45 milhões. 

Cerca de 370 famílias de Rio Negro em situação de vulnerabilidade social recebem complementação de renda e ações do Programa Família Paranaense. 

IMBITUVA - Além das 155 casas entregues pelo governador, em Imbituva há outras 50 em obra e há mais 185 em projeto para atender beneficiados do programa Família Paranaense. 

O Governo do Estado já liberou R$ 1,5 milhão, a fundo perdido, para a compra de uma UTI móvel, dois micro-ônibus e três caminhões caçamba. Também foi repassado um micro-ônibus adaptado para o transporte de alunos de escolas especiais e Apaes. 

O município ganhou uma nova unidade de saúde e teve outra unidade reformada, além receber duas ambulâncias. “O governo estadual tem sido um grande parceiro, desde o primeiro momento”, disse o prefeito Rover. 

A cidade foi escolhida para a construção do Território da Juventude e também receberá um novo Centro de Referência em Assistência Social (Cras). No município, 194 famílias recebem complementação de renda e ações do Programa Família Paranaense. 

Participaram dos eventos com o governador os deputados estaduais Alexandre Curi e Stephanes Junior. 

continua após publicidade