Política

142 milhões de brasileiros devem votar neste domingo, aponta TSE

Da Redação ·
Cidades paranaenses elegeram candidatos do PT na votação de domingo. (Foto: Divulgação)
Cidades paranaenses elegeram candidatos do PT na votação de domingo. (Foto: Divulgação)

Hoje (5) é o dia decisivo para o futuro do país nos próximos quatro anos. Às 8 horas da manhã deste domingo, dia 5 de outubro, serão abertas as quase 430 mil urnas espalhadas pelo País para a eleição dos futuros governantes estaduais e federais. Por todos os números divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), seja de eleitores ou de candidatos, trata-se da maior eleição da história do país: no total, são 142,8 milhões de pessoas aptas para irem às urnas e escolher o presidente da república, os senadores, governadores, deputados federais e estaduais.

Neste ano, são 23.347 candidatos para a disputa dos cinco cargos. Além dos 11 candidatos à presidência, há 171 candidatos para as 27 vagas de governador de Estado e 181 para a disputa do senado. Para as 513 cadeiras da Câmara dos Deputados, há 6.749 interessados, enquanto que para as 1.059 vagas nas Assembleias, são 16.235 candidatos a Estadual. No Paraná, são oito candidatos para o governo e senado, 293 para as 30 vagas de deputado federal e 729 candidatos para as 54 vagas de deputado estadual.

Entre os candidatos a presidente que mais se destacam como favoritos nas pesquisas eleitorais, aparecem a atual Presidente da República, Dilma Rousseff (PT); Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB). Caso um dos candidatos não atinja o equivalente a mais de 50% dos votos válidos (sem contar os brancos e os nulos), ele irá para o segundo turno com o segundo candidato mais votado – o que ocorrerá, caso necessário, no dia 26 de outubro.

Voto rápido

Para agilizar a votação, que deve durar, em média, um minuto e 14 segundos, segundo estimativa do TSE, a recomendação é que o cidadão leve uma ‘cola’ com os números, mesmo que ele saiba de cor. O eleitor deve ficar atento ao horário, já que as eleições são realizadas até às 17 horas – se o eleitor já estiver na fila, aguardando a votação, e passar das 17 horas, ele terá direito ao voto. Quem perder o prazo deve se justificar em até dois meses. A recomendação é que o eleitor compareça às urnas pela manhã, para evitar transtornos.

Autoria/Fonte: 
Igor Rosa | Ponta Grossa | - aRede.info - Com informações do Jornal da Manhã.

continua após publicidade