Política

Richa tem 47%, Requião, 28% e Gleisi, 9%, aponta pesquisa Ibope

Da Redação ·
Richa tem 47%, Requião, 28% e Gleisi, 9%, aponta pesquisa Ibope - Foto Divulgação
Richa tem 47%, Requião, 28% e Gleisi, 9%, aponta pesquisa Ibope - Foto Divulgação

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (29) confirma possibilidade de vitória de Beto Richa (PSDB) no primeiro turno. O governador do Estado aparece com 47% das intenções de voto, seguido de Roberto Requião (PMDB) com 28% e Gleisi Hoffmann (PT) com 9%, Ogier Buchi (PRP) tem 1%. Os demais candidatos não pontuaram. Brancos e nulos somam 7% e não sabe ou não responderam chegam a também 7%. 

continua após publicidade

No levantamento anterior, realizado pelo instituto entre os dias 16 e 18 de setembro, Richa tinha os mesmos 47%, seguido por Requião (30%), Gleisi (12%) e Buchi (1%). Brancos e nulos eram 4%, e os indecisos eram 5%. 

A pesquisa foi encomendada pela RPC TV.

continua após publicidade

Segundo turno

O Ibope fez três simulações de segundo turno. Os resultados são os seguintes:

Beto Richa: 52%
Requião: 33%
Branco/nulo: 8%
Não sabe/não respondeu: 6%

continua após publicidade


Beto Richa: 58%
Gleisi Hoffmann: 25%
Branco/nulo: 11%
Não sabe/não respondeu: 7%

Requião: 47%
Gleisi Hoffmann: 27%
Branco/nulo: 17%
Não sabe/não respondeu: 8%

Rejeição
O Ibope também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é do peemedebista Requião, que tem 23%. Na sequência aparecem, Gleisi Hoffmann (22%), Beto Richa (16%), Tulio Bandeira (8%), Ogier Buchi (7%), Rodrigo Tomazini  (7%), Geonisio Marinho (6%) e Bernardo Pilotto (6%). Poderiam votar em todos candidatos 9% dos pesquisados, e 26% não responderam.

continua após publicidade

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de setembro. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 65 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00042/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR- 00886/2014.