Política

Aécio condena declaração de Levy Fidelix sobre homossexuais

Da Redação ·
Aécio condena declaração de Levy Fidelix sobre homossexuais - Agências
fonte:
Aécio condena declaração de Levy Fidelix sobre homossexuais - Agências

UBERLÂNDIA, MG - O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, condenou a associação feita pelo candidato Levy Fidelix (PRTB) entre homossexualidade e pedofilia.

continua após publicidade

Durante debate na TV neste domingo (28), Levy pregou o enfrentamento a gays e afirmou que eles precisam de atendimento psicológico "bem longe daqui".

"Foi uma participação absolutamente sem sentido, absolutamente equivocada. É algo que nós condenamos. E quero reiterar aquilo que já disse mais de uma vez, homofobia é crime, como qualquer outro tipo de discriminação", disse Aécio.

continua após publicidade

As declarações de Levy Fidelix foram dadas após pergunta da candidata Luciana Genro (PSOL), que citou a violência a que a população LGBT é submetida e indagou Levy sobre os motivos pelos quais os que "defendem a família se recusam a reconhecer como família um casal do mesmo sexo."

As declarações do candidato do PRTB causaram repercussão internacional e reações, principalmente, na internet.

O site do jornal britânico "The Guardian" destacou o debate entre os candidatos ao Palácio do Planalto, ocorrido na noite de domingo (28), como uma noite ruim para a democracia e a tolerância.

continua após publicidade

Já um grupo marcou, pela internet, um "beijaço" às 17h desta terça-feira (30), em frente ao vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na região central da capital paulista.

O tucano participou nesta segunda-feira (29) de atos políticos em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Na cidade, o candidato afirmou que a marca do governo da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) é a "terceirização de responsabilidades".